Fogueira: Grupo de estudos e pesquisas de Gênero

Objetivos

Os Estudos de Gênero constituem hoje um dos principais temas de pesquisa financiada por importantes entidades ligadas a essa temática em todo o mundo, seja por tratar-se de uma inovadora categoria de análise das relações humanas, sociais e políticas, seja pelas reconhecidas contribuições proporcionadas às lutas pela superação de preconceitos ligados aos aspectos das relações sexo-gênero.
Na região em que o Grupo de Estudos e Pesquisa de Gênero Fogueira surgiu e atua de modo preferencial, são quase inexistentes trabalhos nessa área e as manifestações de preconceitos atingem níveis preocupantes, perpassando as diversas culturas aqui predominantes. Por isso, o Grupo de Estudos e Pesquisa de Gênero Fogueira se propõe a contribuir com essa análise nos diferentes contextos da ação acadêmica e a interferir criticamente nas relações sociais. Ajudando a aprofundar estudos e reflexões, o núcleo quer também desmascarar as manifestações de androcentrismo, sexismo, subserviência, subjugação e segregação enquanto racionalidades fundadoras de vários tipos de desigualdades e de opressão, já embutidas na quotidianidade como se fizessem parte da ordem natural das relações sócio-políticas. A ausência de outras instâncias do meio acadêmico e dos setores políticos dedicadas a esse aspecto tão decisivo das relações sócio-políticas acaba tornando, para o Grupo, um imperativo e um desafio pesquisar os diversos aspectos das relações de gênero, produzindo estudos consistentes relacionados à realidade da região. O fato de atuar preferencialmente nos meios acedêmicos deve-se não só à relação profissional dos integrantes do Grupo com esse meio, mas se trata de uma opção estratégica, tendo em vista a importância dos futuros profissionais da região na busca de superação dos vícios culturais/preconceitos acima mencionados.

Linhas de Pesquisa

Gênero, educação e saúde
Gênero, mídia e poder
Pensamento político-social e teorias de gênero