Webmail

Cuidado com os e-mails falsos.

Lembre-se: a Unochapecó jamais solicitará sua senha por e-mail ou por telefone.

Livro da Argos retrata tradição dos produtos coloniais

Educação

Salame, queijo, pão caseiro, vinho e pé de moleque. Além de deliciosos, estes alimentos são muito tradicionais, e quase sempre estão na mesa de quem mora no Oeste Catarinense. A produção desses alimentos ocorre de forma artesanal, em pequenos estabelecimentos agrícolas familiares, que baseiam-se em um conjunto de conhecimentos tradicionais para sua elaboração.

Este conjunto está sistematizado no livro “Produtos coloniais: tradição e mudança”, que será lançado na próxima sexta-feira (18/03), na Epagri. O evento, que inicia as 09h, é uma parceria entre a Editora Argos, Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), e faz parte da Comemoração dos 60 anos de Extensão Rural e dos 40 anos de Pesquisa Agropecuária em Santa Catarina.

A obra é resultado da pesquisa realizada na região, com o objetivo de resgatar e sistematizar conhecimentos tradicionais na elaboração de produtos coloniais. Os alimentos são produzidos com base na tradição de diferentes etnias, tendo como matéria-prima produtos agrícolas, cultivados no próprio estabelecimento.

COMPARTILHE
TAGS
Produtos
Coloniais
Argos unochapecó

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus