Webmail

Conheça o Inbox
e experimente uma nova maneira de gerenciar seus e-mails.

Cuidado com os e-mails falsos.

Lembre-se: a Unochapecó jamais solicitará sua senha por e-mail ou por telefone.

Duas equipes de Chapecó garantiram vaga para etapa nacional

Geral

A disputa aconteceu no sábado (13) nos laboratórios do Bloco M da Unochapecó, e reuniu aproximadamente 150 alunos e professores. Essa foi a 19ª edição da Maratona de Programação promovida pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC).

Nesta etapa regional participaram alunos dos cursos de Ciência da Computação, Sistemas de Informação, e afins, que representaram instituições de ensino superior dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

maratona

Cada time, formado por três alunos, teve cinco horas para resolver o maior número possível de problemas, que foram entregues no início da competição. A disposição eles tinham apenas um computador e material impresso, como livros e manuais para vencer a batalha contra o relógio e os problemas propostos. Esse tipo de competição exige do aluno raciocínio lógico e uma ótima interpretação de texto, para se sair bem. Além disso a preparação começa muito antes da disputa, com a realização de testes para garantir a agilidade dos alunos na hora da maratona.

Para o acadêmico de Ciência da Computação da Unochapecó, Flávio Carvalho, a maratona ajuda a se preparar para o mercado de trabalho, “aqui você chega ao seu máximo, você vai se conhecendo e isso é essencial para o mercado de trabalho. Depois no cotidiano eu vou poder dizer pro meu chefe como fazer, em quanto tempo fazer, e isso é importante”. O estudante Natan Yago Streppel de Passo Fundo no Rio Grande do Sul, participou pela segunda vez da competição. Pra ele essa é uma boa chance para testar os conhecimentos e aprender a lidar com as escolhas. “Identificar os problemas e saber da precedência, é o segredo da competição. Entre os tantos problemas que existem você precisa saber o que priorizar, e isso depende da forma como você veio preparado para maratona”, destacou Natan.

maratona

Dos trinta e quatro times que participaram desta etapa regional, dois garantiram vaga na etapa nacional que acontece nos dias 7 e 8 de novembro em Fortaleza, Ceará. Para o coordenador do evento em Chapecó e professor da universidade, Marcos Antônio Moretto, a maratona de programação tem um caráter mais educativo, isso ajuda os alunos no processo de ensino aprendizado. “A maratona hoje é só uma etapa, nós passamos o ano inteiro trabalhando, estudando, fazendo outros problemas, pra que eles possam chegar aqui com uma carga de conhecimento e possam fazer um bom trabalho. É aliar a teoria com a prática”, justificou o professor.

COMPARTILHE
TAGS
programação
Maratona
Computacao

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus