Webmail
Menu Busca
Extensão

Biologia na Praça: Biodiversidade e Saúde

Descrição

O projeto "Biologia na Praça: Biodiversidade e Saúde" caracteriza-se como um trabalho intervencionista de Divulgação Científica, Educação Ambiental e de Saúde, tendo como objetivo desenvolver propostas metodológicas inovadoras de cunho científico e tecnológico que possibilitem divulgar os conhecimentos científicos produzidos na Universidade à comunidade escolar, visando à alfabetização científica, conservação ambiental e promoção da saúde. O projeto visa à conservação ambiental, a popularização da ciência, o uso de áreas verdes que possibilitem a sensibilização e a reflexão ambiental e de saúde, despertando para a importância do lazer, das atividades físicas, da alimentação saudável e do equilíbrio ecológico para uma melhor qualidade de vida. As oficinas acontecerão em áreas verdes, próximas de escolas públicas e privadas de ensino básico do município de Chapecó e municípios vizinhos (Coronel Freitas, Seara e Xaxim). Inicialmente serão definidas as áreas verdes e pela proximidade destes locais, serão contatadas as escolas e convidadas a participar. Serão ministradas sete (07) oficinas interativas para estudantes do ensino fundamental (6º ao 9º ano) e do ensino médio, a serem realizadas a cada 45 dias. Cada oficina terá a duração de 30 minutos, na forma de circuito interativo. Será organizado um cronograma com as datas e turnos das oficinas e apresentadas às escolas para viabilizar a efetiva participação dos estudantes. Nas oficinas serão trabalhadas diferentes temáticas ligadas à biodiversidade regional, educação ambiental, relação entre meio ambiente e saúde, alimentação saudável e atividades físicas. No decorrer do desenvolvimento das oficinas, serão feitas avaliações com as escolas que já participaram das atividades. E ao final do desenvolvimento do projeto o mesmo ocorrerá envolvendo sempre a comunidade escolar, buscando aperfeiçoar e qualificar as atividades. A base para as oficinas serão as pesquisas realizadas com a fauna e flora da Mata Atlântica do Sul do Brasil, desenvolvidas pelos docentes envolvidos no curso de Ciências Biológicas, e o Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Unochapecó. Também está contemplado no projeto ações do Programa Pró-Saúde envolvendo os cursos de Nutrição e Educação Física. Espera-se que a partir desse projeto os estudantes ampliem os conhecimentos sobre a biodiversidade regional, sua importância, a relação entre saúde e meio ambiente, e a adoção de medidas voltadas à conservação e a promoção da saúde gerando uma melhor qualidade de vida. Espera-se ainda, que as instituições envolvidas qualifiquem suas práticas de ensino na área e o projeto deflagre o processo de transversalidade, princípio norteador da educação ambiental, e que esta seja internalizada nas ações diárias. O projeto poderá despertar nos professores o interesse no desenvolvimento de atividades em áreas verdes do município, atividades de campo, entre outros. Estes são exemplos de ações que podem ajudar a tornar a escola um espaço socioambiental, aberto ao diálogo com a sociedade.

Relevância

Desenvolver propostas metodológicas inovadoras de cunho científico e tecnológico que possibilitem divulgar os conhecimentos científicos produzidos na Universidade à comunidade escolar, visando à alfabetização científica, conservação ambiental e promoção da saúde.

Equipe

Nome Atividade
Sandra Mara Sabedot Bordin Coordenador de Projeto