Webmail

Cuidado com os e-mails falsos.

Lembre-se: a Unochapecó jamais solicitará sua senha por e-mail ou por telefone.

Projeto Biologia na Praça aproxima escolas e o meio ambiente

Educação

Que é muito importante cuidar do meio ambiente, todo mundo já sabe, mas é preciso conhecê-lo para saber como preservar. Pensando nisso, foi criado o projeto de extensão Biologia na Praça, que tem como objetivo, mostrar a ciência como parte da vida e dos problemas socioambientais, levando as pessoas a refletirem sobre suas atitudes no ambiente em que estão inseridas.

O projeto que já completou cinco anos, é desenvolvido pelo curso de Ciências Biológicas, em parceria com o Museu de Ciências Ambientais e o Mestrado em Ciências Ambientais da Unochapecó, mas já contou com a participação de outros cursos como, Nutrição e Educação Física.

uno

O objetivo do projeto é aproximar o Curso de Ciências Biológicas das Escolas de Educação Básica, através de atividades interativas e itinerantes, contribuindo com a melhoria da qualidade do ensino e despertar para uma nova consciência ambiental em relação a importância de atitudes conservacionistas. Além disso, divulgar os trabalhos realizados pelos acadêmicos, e mostrar os espaços de atuação do Biólogo na sociedade.

De acordo com a professora Sandra Mara Sabedot, que coordena o projeto, “essas atividades são muito importantes, pois proporcionam aos acadêmicos o encontro com a realidade da profissão, e além disso despertam uma consciência ambiental nos estudantes das escolas que participam”, ressalta.

uno

Em 2015, participaram do projeto seis escolas de Chapecó, reunindo ao todo cerca de 466 estudantes do ensino fundamental e médio. Com eles foram desenvolvidas diversas oficinas como observação de aves, identificação dos grandes grupos de plantas, conhecendo e identificando os insetos, reconhecimento das características físicas e químicas da água, alimentação saudável, importância dos exercícios físicos, jogos interativos, dengue e mostra fotográfica.

Segundo Sandra nestes cinco anos, o “Biologia na Praça” evoluiu muito. “Percebemos que já avançamos, as escolas têm nos procurado para desenvolvermos o projeto”, ressalta. Para o ano de 2016, haverá qualificação das oficinas e inserção de novas, atendendo as demandas e áreas específicas dos professores envolvidos no projeto.

COMPARTILHE
TAGS
Projeto de extensão
Natureza
Meio ambiente
Escola

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus