Profissionais do Agronegócio

Atividades ligadas ao agronegócio estão entre as chamadas “profissões do futuro”

28/05/2019
Por: Lucimara Juver
Agronegócio brasileiro oferece ótimas perspectivas aos profissionais do setor

O agronegócio é uma das áreas que mais cresce no Brasil. Em 2018 segundo Produto Interno Bruto (PIB), a agropecuária teve variação positiva de 0,1% decorrente, principalmente, do desempenho da agricultura com destaque o algodão (28,4%), trigo (25,1%) e soja (2,5%). Conforme o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada - CEPEA, o agronegócio brasileiro teve elevação de 0,07% em fevereiro de 2019. Para o crescimento na produção de suínos, em março, os negócios realizados tiveram alta de 2,3%, indo para R$ 3,93/kg em abril, já para as a produção leiteira, o referencial de eficiência para produtividade é de, no mínimo, 300 litros/homem/dia.

Ao ponderar a nossa região, Chapecó, considerada a capital do agronegócio,  chama a atenção para alguns números econômicos. Conforme o IBGE, o município possui a 18ª maior produção de soja catarinense com valor estimado de R$ 34,2 milhões em 2016. O cultivo de milho ocupa a 5ª produção estadual com valor estimado da produção em R$ 30,8 milhões. Chapecó também possui a 17ª posição no rebanho de bovinos, 37ª produção leiteira, ocupa o 23º rebanho de matrizes de suínos e o 48º rebanho total e a maior produção florestal de lenha de eucalipto em Santa Catarina.

Em função deste cenário promissor, cada vez mais profissionais buscam alternativas para se inserir nesse mercado. E para relembrar os profissionais e os ramos envolvendo o agronegócio, no dia 10 de maio comemoramos o Dia do Campo. Essa data tem como objetivo homenagear o profissional que atua nesse meio e reforçar a contribuição que a área tem na economia do país. Eles desenvolvem diversas atividades em que o principal desafio tem sido a produção de alimentos que possam suprir as necessidades da população mundial sem causar prejuízos para o meio ambiente.

Antes do ano 2000, apenas o conhecimento prático era o suficiente para exercer uma atividade no campo. Porém, com os avanços tecnológicos e os concorrentes do empresário rural não estarem mais limitados às propriedades vizinhas e sim a produtores de outros países, esse setor se tornou mais competitivo. Para se manter no mercado, passou a ser essencial buscar uma qualificação adequada para desempenhar uma profissão voltada ao meio rural.

 

 

Mercado de trabalho no meio rural

 

Por oferecer um campo bastante amplo, o profissional que pretende trabalhar nesse setor poderá atuar em diversas atividades. Separamos alguns cursos que podem contribuir para quem tem interesse em atuar no agronegócio:

 

Administração:

Há pouco tempo, a gestão de uma propriedade rural ainda era realizada pelo proprietário. Porém, com o crescimento do negócio e as mudanças de hábito, principalmente os avanços tecnológicos que vão além de tratores, surge também inúmeras possibilidades que facilitam o trabalho nas propriedades. Ferramentas modernas podem diminuir o desperdício de insumos e acelerar processos, o que gera aumento na lucratividade das propriedades.

O cultivo também pode ser controlado, através de drones, softwares de controle ou sistemas que facilitam o monitoramento de pragas, de problemas nas plantações, controle de água e de estoque e a adequada gestão da propriedade rural. Isso contempla os indicadores de desempenho, fluxo de caixa, controle pessoal e de produtividade dos produtos e serviços que a propriedade realiza.

Nesse contexto, torna-se necessário que o produtor se adapte à nova realidade, assim, passe a investir em um negócio no meio rural que exija a presença de um profissional preparado para assumir a posição de líder e gestor e que ofereça produtos de qualidade.

 

Faça o download do eBook do curso de Administração da Unochapecó gratuitamente e saiba mais.  

 

Agronomia:

Atualmente o Brasil é um dos maiores produtores agrícolas do mundo. Por ser um setor que está em constante crescimento, o meio do agronegócio oferece diversas oportunidades no mercado de trabalho. Os Engenheiros Agrônomos têm ocupado o papel de destaque no setor agropecuário e são um dos principais agentes da harmonização e produção com visão sustentável.

O profissional formado em Agronomia é essencial na produção agrícola e pode atuar no planejamento da safra e operações agrícolas, no manejo do solo, de pragas, doenças ou plantas daninhas, além de ter cuidado especial com a colheita, o armazenamento, a agroindustrialização e comercialização dos produtos.

 

Você pode ver mais informações no eBook do curso de Agronomia da Unochapecó! É grátis!

 

Ciências Biológicas:

O biólogo bacharel desempenha um papel importante na área rural, mas acima de tudo, preocupado e focado em áreas relacionadas com o meio ambiente em geral. É hábil para conciliar a produção agrícola com a sustentabilidade, principalmente quando se trata da conservação da biodiversidade. O graduado em Biologia pode atuar como analista, pesquisador ou consultor nas áreas da zoologia, ecologia, botânica, genética, manejo e conservação da fauna, flora, educação ambiental, entre outras. Esse profissional deve ser dinâmico, preocupado com a vida e trabalhar em prol da conservação da biodiversidade e dos recursos naturais. Para a área de Ciências Biológicas há duas modalidades: Bacharelado e Licenciatura.

 

Medicina Veterinária:

Hoje, a ONU trabalha com o conceito de Saúde Única (One Health), onde a saúde humana e a animal estão refletidas. O curso de medicina veterinária trabalha esse conceito pois é cuidando da saúde animal que garante a saúde humana. Esse cuidado ocorre através da atuação na clínica médica das diferentes espécies animais - seja na clínica de animais de companhia (cães e gatos), de animais silvestres e pets não convencionais ou na clínica de animais de produção (ruminantes, equinos, suínos e aves) - e ou na higiene e inspeção de alimentos de origem animal (com atuação em frigorífico e laticínios, por exemplo). Além disso, esse profissional atua na produção animal, sendo responsável por controlar o manejo, garantir a saúde e o bem-estar animal, além de cuidar da alimentação e nutrição, reprodução animal e melhoramento genético.

O profissional formado em Medicina Veterinária deve possuir cuidados especiais com a qualidade de vida, promovendo a sustentabilidade, a preservação ambiental, entre outros fatores que interferem na qualidade do produto final.

 

Saiba mais sobre Medicina Veterinária da Unochapecó. Baixe grátis o e-book do curso.

 

Por ser um setor que apresenta algumas características específicas, como clima, tempo de produção e risco econômico que dificultam o processo de tomada de decisão, administrar uma propriedade rural pode trazer inúmeros desafios à um administrador. Com o crescimento e evolução do setor, o produtor precisa cada vez mais usufruir das tecnologias disponíveis, além de acompanhar o mercado diariamente, lançar dados e analisá-los para que cada decisão seja tomada com precisão e não reflita de forma negativa na produção, já que erros nesse meio podem prejudicar toda a safra ou um rebanho inteiro.

 

Ficou interessado em algum curso que citamos acima? Acesse o site da Unochapecó e confira o Seletivo com vagas abertas.

Ficou com alguma dúvida ou curiosidade sobre os profissionais com relação ao agronegócio? Deixe nos comentários que a gente responde =)

 

 

comments powered by Disqus