Contador: peça-chave do jogo

Ciências Contábeis: um caminho promissor

07/05/2019
Por: Lucimara Juver
25 de abril é comemorado o Dia da Contabilidade

Você também deve ser uma daquelas pessoas que costumava jogar Banco Imobiliário na sua infância ou provavelmente tenha ouvido falar no jogo baseado na compra e venda de imóveis fictícios, não é? O passatempo foi o início para que muitas pessoas criassem gosto pelo meio contábil de forma lúdica e divertida. Com a intenção de possibilitar que qualquer pessoa pudesse se tornar um milionário, mesmo que de mentirinha, o jogo inspirou diversas pessoas a seguir no mundo dos cálculos na vida real.

Quando questionadas sobre papel de um contador, ou seja, o profissional em Ciências Contábeis, geralmente as respostas costumam ser as mesmas: é o responsável por planilhas do Excel e Imposto de Renda, mas não é somente isso. O campo de atuação de um profissional de Ciências Contábeis tem se tornado muito amplo nos últimos anos. Os avanços tecnológicos ampliaram ainda mais a área de atuação desse profissional, proporcionando mais eficiência e rapidez no trabalho prestado.

Para representar o contador, há um dia que celebra e relembra a importância do profissional contábil. O Dia do Contador é comemorado há mais de 90 anos no Brasil, instituído no dia 25 de abril de 1926, fundado pelo patrono dos profissionais da contabilidade, João de Lyra Tavares.

Conforme os anos, muitos profissionais se formaram em Contábeis. Segundo o Conselho Federal de Contabilidade e Conselhos Regionais de Contabilidade, a classe possui hoje mais de 500 mil profissionais registrados e em atividade no país. Esse número aumenta cada vez mais, na medida em que a demanda das empresas também está em crescimento.

 

Mercado de Trabalho

 

O setor contábil tem oferecido diversas áreas de atuação atraentes a quem tem o propósito de se tornar um profissional de Ciências Contábeis. As atribuições dos profissionais da Contabilidade estão previstas no Decreto-Lei nº 9.295/1946, tendo a Resolução do Conselho Federal de Contabilidade de nº 560/1983 que estabelece 48 atividades privativas.

Conforme o Professor da Unochapecó, Dr. Sady Mazzioni, nas empresas o profissional pode atuar como contador, controller, contador de custos, analista financeiro, auditor interno, gestor tributário e em diversos cargos administrativos. “Mais recentemente, o profissional contador ampliou sua contribuição de atividades burocráticas e de atendimento ao fisco para um papel mais estratégico”, enfatiza.

 

Mas, afinal, se eu fizer Ciências Contábeis, com o que posso trabalhar?

 

Para responder essa pergunta, separamos para você algumas áreas em destaque que o profissional de contábeis da atualidade pode atuar.

  • Auditoria Contábil Independente: é o profissional responsável por emitir o parecer sobre a adequação das demonstrações contábeis quanto à posição patrimonial e financeira das empresas, o resultado das operações e as mutações do patrimônio líquido.

 

  • Analista Financeiro: esse profissional analisa os documentos e relatórios contábeis, examina a situação econômico-financeira da empresa, com o objetivo de levantar informações relevantes que auxiliam nas decisões sobre investimentos e empréstimos.

 

  • Setor Público: O ingresso nessa carreira é via concurso público e oferece como atrativo a estabilidade financeira. O contador tem diversas atividades possíveis no serviço público, a exemplo de contador público, contador militar, auditor fiscal, controlador de arrecadação, analista do Banco Central, Auditor Fiscal do Tesouro Nacional, entre outros.

 

  • Perícia Contábil: é o profissional contratado pelas partes ou indicado pelo juiz com a finalidade de emitir laudo pericial contábil e/ou parecer técnico-contábil sobre um determinado caso, com a finalidade de auxiliar na solução de litígios na Justiça.

 

  • Assessoria Contábil: tem a função de acompanhar e analisar as demandas contábeis das empresas contratantes, potencializando os processos de tomada de decisão. Pode ser útil no aconselhamento aos gestores nas decisões que envolvam questões contábeis, fiscais, previdenciárias e trabalhistas.

 

  • Carreira Acadêmica: as atividades envolvem ministrar aulas, atuar em pesquisas contábeis, publicando artigos e livros sobre o tema de interesse, palestrar e prestar consultoria profissional.

 

Ainda conforme o professor, referente ao futuro da contabilidade, as atividades associadas à transparência, responsabilidade social corporativa e ao meio ambiente devem ocupar a agenda dos profissionais da contabilidade com bastante intensidade.

Por lei, toda empresa deve contar com um profissional da área contábil para auxiliar na demanda financeira da instituição. Fator importante que torna o mercado de trabalho aquecido para o profissional da área de Ciências Contábeis. Uma análise divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que 93,87% dos profissionais de contabilidade estão empregados.

Para quem possui afinidade com os números, se identifica com a profissão e tem o sonho de atuar na área contábil, é importante buscar uma graduação que ofereça, além do conhecimento teórico, experiências na prática para que, ao ingressar no mercado de trabalho, esteja preparado para atender as necessidades de cada empresa.  

 

A graduação em Ciências Contábeis

 

Podemos comparar as empresas ao jogo do Banco Imobiliário. O profissional da contabilidade é uma peça importante dentro das instituições, pois assim como na vida real também há inúmeros jogadores concorrendo com você e, se não houver controle sobre suas finanças, possivelmente você será derrotado.

A graduação é ofertada nas modalidades presencial e a distância, com duração média de quatro anos. Neste período, além das aula teóricas, o aluno tem contato - em algumas instituições - com a prática da profissão através de estágios supervisionados desenvolvidos no escritório simulado das universidades.

 

Estudar Ciências Contábeis não é estudar Economia. Conheça as principais diferenças entre os cursos.

 

Os estudantes contam com laboratórios, softwares específicos para o desenvolvimento da prática contábil, algumas universidades oferecem uma calculadora HP12C por acadêmico e alguns livros didáticos ofertados no decorrer do curso. Além disso, estágios supervisionados, oficinas, visitas técnicas, viagens de estudos, seminários e ciclos de estudos são atividades cotidianas do curso para que o acadêmico tenha experiências além da teoria vista em sala de aula.

O que pode dar certa garantia no sucesso, para quem deseja cursar Ciências Contábeis, é estar ciente de que somente na graduação o profissional tem acesso às tecnologias e práticas, não somente com a teoria.

 

Tem interesse em cursar Ciências Contábeis na Unochapecó? O curso está com inscrições abertas para o Seletivo, você poderá encontrar mais informações no site da Universidade.

 

É importante lembrar que para exercer a profissão é necessário apresentar um diploma de formação superior reconhecido pelo Ministério da Educação e prestar o Exame de Suficiência para obter o registro no Conselho Regional de Contabilidade. O exame pode ser realizado por bacharéis ou estudantes do último ano do curso de Ciências Contábeis que têm o objetivo de comprovar que o profissional está apto a realizar as atividades que lhe competem. O exame acontece em 125 cidades de todo o país e é aplicado duas vezes ao ano, a primeira edição costuma ser realizada no mês de março e a segunda no mês de setembro.

 

 

Ficou com alguma dúvida sobre o curso de Ciências Contábeis? Deixe nos comentários que a gente responde ;)

 

 

comments powered by Disqus