Webmail

Conheça o Inbox
e experimente uma nova maneira de gerenciar seus e-mails.

Cuidado com os e-mails falsos.

Lembre-se: a Unochapecó jamais solicitará sua senha por e-mail ou por telefone.

Documento da CPA trata das atividades desenvolvidas em 2009, 2010 e 2011

Geral

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) mantida pela Unochapecó, com o objetivo de avaliar as atividades desenvolvidas pela universidade no período entre 2009 e 2011, enviou relatório ao Ministério da Educação. A autoavaliação remetida ao MEC envolveu estudantes, professores e funcionários técnicos-administrativos para o autoconhecimento institucional.

Segundo a coordenadora do CPA, professora Claudete Fries Bressan, a importância dessa autoavaliação está diretamente relacionada à importância assumida pela avaliação nas últimas décadas em diversos setores da sociedade e na promoção da cultura avaliativa. “Ao conhecer sua própria realidade, a avaliação contribui para a melhoria da qualidade e relevância social e acadêmica das atividades de ensino, pesquisa e extensão”, diz a coordenadora.

A CPA é responsável pela condução dos processos de avaliação internos da instituição, de sistematização e de prestação das informações solicitadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), conforme diretrizes da lei 10.861. Os processos de avaliação conduzidos pela CPA subsidiam o credenciamento e recredenciamento como instituição de ensino superior, o reconhecimento e a renovação de reconhecimento de cursos de graduação.

O sistema de avaliação

O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) estrutura-se no tripé formado pela avaliação das instituições, dos cursos e do desempenho dos estudantes. A avaliação das instituições (Avalies) se efetiva pela avaliação externa conduzido pelo MEC e pela autoavaliação (interna) de responsabilidade da Comissão Própria de Avaliação.

A CPA tem como atribuição conduzir o processo de avaliação interna e produzir o Relatório de Autoavaliação, enviado ao MEC anualmente. Esse relatório deve expressar o resultado do processo de discussão, de análise e interpretação dos dados advindos, principalmente, do processo de autoavaliação. As informações do relatório são essenciais para o autoconhecimento da instituição, como o desenvolvimento de seus processos ensino-aprendizagem, planos pedagógicos de cursos (PPCs) e a infraestrutura dos cursos e da instituição. Essas informações são geradas a partir de pesquisas aplicadas à comunidade acadêmica.

COMPARTILHE

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus