Webmail
Menu Busca
Extensão

Cuidando dos cuidadores: oficinas interativas como uma estratégia terapêutica

Descrição

O trabalho dos cuidadores é de suma importância para manutenção e melhora nas condições de saúde do paciente, são eles que assumem todas as funções que envolvem o indivíduo cuidado, entretanto, na maioria dos casos, desempenham esse papel sem nenhum tipo de ajuda. O olhar das pessoas muitas vezes se fecha ao paciente, esquecendo-se da sobrecarga na qual o cuidador se encontra. Os grupos são encontros que favorecem trocas de experiências entre as pessoas e contribuem para o conhecimento. Diálogo e acolhimento são elementos indispensáveis para criar um espaço proveitoso de intervenção. As oficinas em grupos fazem com que os participantes se sintam descontraídos e motivados a interagir e com o passar do tempo se sintam seguros para inter-relacionar-se enquanto participam das atividades propostas. Proporciona também momento para que as pessoas consigam aprender, criar e executar as dinâmicas apresentadas pelo grupo. O objetivo deste projeto é realizar oficinas interativas com cuidadores de pacientes neurológicos como uma estratégia terapêutica. Os encontros acontecerão durante uma hora, uma vez por semana, quando os cuidadores levarem os pacientes para o atendimento de Fisioterapia na Clínica Escola ou em dias e horários acordados no primeiro encontro. Esse projeto será desenvolvido com cuidadores de pacientes neurológicos, atendidos na Clínica Escola de Fisioterapia da Unochapecó. Primeiramente os acadêmicos entrarão em contato
com os cuidadores de pacientes que ficam na sala de espera da Clínica Escola de Fisioterapia, para fazer o convite de participação do projeto e explicar o objetivo do mesmo. Após, será agendado o primeiro encontro dos participantes e assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, explicado a dinâmica da atividade e agendado o horário para o desenvolvimento das atividades. Antes e após cada atividade será aplicado um questionário para avaliar as oficinas terapêuticas. No último encontro será efetuado novamente o roteiro de questões abertas e fechadas do primeiro dia para possíveis comparações e verificar a satisfação dos cuidadores. Também nesse último encontro os cuidadores serão entrevistados individualmente a fim de levantar a percepção dos mesmos sobre a experiência vivenciada no grupo terapêutico. Com este projeto espera-se proporcionar momentos de bem estar aos cuidadores como uma estratégia terapêutica.

Relevância

Objetivo:

Realizar oficinas interativas com cuidadores de pacientes neurológicos como uma estratégia terapêutica.

Equipe

Nome Atividade
Aline Martinelli Piccinini Professor
Indiamara de Oliveira Flores Dal Magro Silvani Coordenador de Projeto
Michele Cristina Minozzo dos Anjos Professor