Webmail

Cuidado com os e-mails falsos.

Lembre-se: a Unochapecó jamais solicitará sua senha por e-mail ou por telefone.

Atividade abriu a programação do Ciclo de Estudos Docência no Ensino Superior da Unochapecó

Geral

Para debater temas voltados à educação superior, bem como os projetos pedagógicos dos cursos de graduação e de mestrado e ações da universidade na pesquisa e na extensão comunitária, iniciou na última segunda-feira, 3 de fevereiro, o XI Ciclo de Estudos Docência no Ensino Superior da Unochapecó. As atividades iniciaram com a palestra sobre “Arte e inovação: síntese fundamental para o profissional do século XXI”, ministrada pela professora Solange Medina Ketzer, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS).

foto

Em sua palestra, a professora Solange destacou que no mundo contemporâneo o sujeito não pode ter apenas uma única formação e que cada vez mais a inovação se faz necessária, onde a arte se encaixa. “Especificamente a arte é uma forma de inovação e de preparo para a inovação, simplesmente porque a arte é desvio, é pensar diferente do que já foi pensado até então”, expõe. Ainda conforme a palestrante, como a arte não segue um modelo rígido, o professor que tem acesso a diferentes manifestações artísticas tem a condição de repensar a sua aula. A professora, ao citar a frase “A arte é a estrela da investigação científica”, do neurofisiologista John Eccles, explica a importância de se inovar. “Se a ciência ficasse parada desde os seus primórdios e não inovasse, nós não teríamos chegado às plataformas de conhecimento que chegamos hoje em todas as áreas”, finaliza.

Conforme a coordenadora do evento, professora Rosa Salete Alba, se faz necessário o repensar da prática pedagógica dos professores no atual mundo da informação. “Não dá pra pensar que a aula vai se resumir apenas ao meio digital ,mas que o papel do professor é importante no sentido de direcionar no contexto de sala de aula, mas em um outro formato diferente do anterior onde se tinha o professor como centro do conhecimento. Então hoje já se pensa no professor como um mediador e que instiga os alunos a buscarem e desenvolverem o seu próprio conhecimento”, esclarece.

De acordo com a vice-reitora de Ensino, Pesquisa e Extensão da Unochapecó, Maria Aparecida Lucca Caovilla, neste ano a universidade estará implementando a proposta dos novos Projetos Pedagógicos de Cursos (PPC), a partir das mudanças realizadas em 2013, que incluem novas metodologias, como é o caso do Trabalho Discente Efetivo (TDE). “Nesse sentido, precisamos preparar o corpo docente, pois trata-se de um mecanismo diferenciado, novo, que proporcionará mudanças significativas no cotidiano acadêmico, tanto para professores, como para os estudantes. Assim, o Ciclo Docente estará proporcionando oficinas específicas para essa finalidade, visando contribuir para a melhor compreensão desse novo mecanismo de aprendizado na Unochapecó”, explica. Para a vice-reitora a atividade também é uma oportunidade de encontro e reencontro entre os diversos atores institucionais.

A programação conta, ainda, com palestras, oficinas, minicursos e seminários que seguem até a próxima segunda-feira, 10 de fevereiro. O Ciclo de Estudos é organizado pela Vice-reitoria de Ensino, Pesquisa e Extensão da Unochapecó, através da Divisão de Apoio ao Docente.

COMPARTILHE

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus