Webmail

Cuidado com os e-mails falsos.

Lembre-se: a Unochapecó jamais solicitará sua senha por e-mail ou por telefone.

Projeto aproxima comunidade e universidade através do esporte

Educação

O Projeto de Extensão Esporte e Emancipação encerrou suas atividades de 2015 com uma nova perspectivava para 2016. Até o final do primeiro semestre desse ano, eram pouco mais de 40 crianças que participavam do projeto nas dependências da Unochapecó, porém através de um contato com a Associação Desportiva da Grande Efapi e Região (Adeger), o projeto atende em outros pontos do Bairro Efapi, e hoje em parceria com o Projeto Criança Cidadã atende aproximadamente 240 crianças e adolescentes entre 06 e 14 anos, no contra turno escolar.

O Projeto Esporte e Emancipação iniciou suas atividades no ano de 2003, com a perspectiva de atuar na aproximação entre Universidade e comunidade em geral, através de atividades esportivas. O objetivo é propor intervenções pedagógicas que trabalham com a cultura de movimento, a partir de um entendimento amplo do fenômeno esportivo, e a partir disso, possibilita a formação educativa que visa contribuir no processo de emancipação humana.

As atividades são organizadas pela equipe de trabalho, que hoje conta com a participação de duas acadêmicas bolsistas, Juliana Betlinski e Cleidiane Leite, do curso de Educação Física, do coordenador do Projeto Eduardo Rezer e de um membro da Diretoria da Adeger, João Carlos Moura, através de reuniões pedagógigas, buscando a inclusão de crianças e adolescentes através do esporte e em atividades onde a formação educativa, a consolidação da cidadania a autonomia. Além disso o projeto busca proporcionar aos acadêmicos do curso de Educação Física um espaço de laboratório, proporcionando ações articuladas entre ensino, pesquisa e extensão, e a realização de Estágios Curriculares Não-Obrigatórias, além de adquirir experiências que o auxiliaram em sua caminhada acadêmica e futura vida profissional.

Para 2016 a perspectiva é manter a parceria e ampliar o número de atendimentos e os locais de atuação.

COMPARTILHE

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus