Webmail
Menu Busca

Licenciatura Intercultural Indígena na Unochapecó

O curso de Licenciatura Intercultural Indígena, instituído pelo convênio entre Unochapecó e Secretaria Estadual de Educação de Santa Catarina, teve início em 2009. As aulas são realizadas em Terras Indígenas e na Universidade, possibilitando assim a participação da comunidade. A primeira turma realizou aulas na Terra Indígena Xapecó, na Escola Indígena de Educação Básica Cacique Vãnhkre, em Ipuaçu. A segunda turma realiza aulas na Terra Indígena Toldo Chimbangue, na Escola Indígena de Educação Básica Fennó, em Chapecó.

Ao concluir o curso, os estudantes recebem o título de Licenciados em uma das quatro áreas do conhecimento da Licenciatura Intercultural Indígena: a) Línguas, Artes e Literaturas (Coordenadora Marcia Moreno); b) Ciências Sociais (Coordenadora Teresa Machado da Silva Dill; c) Matemática e Ciências da Natureza (Coordenadora Sandra Sabedot; d) Pedagogia (Coordenadora Suzi Laura da Cunha).

Os dois primeiros anos do curso são destinados à formação geral e interdisciplinar. Os últimos três anos são destinados à formação específica na respectiva área do conhecimento, totalizando cinco anos com carga horária de 4.215 horas. O Projeto Pedagógico do curso (PPC) está organizado por meio de componentes curriculares e currículo diferenciado para atender as especificidades da educação escolar indígena.

O curso atende demandas das Terras Indígenas Xapecó, Toldo Chimbangue, Toldo Pinhal, Toldo Imbu e Terra Indígena Kondá, localizadas nos municípios de Ipuaçu, Entre Rios, Abelardo Luz, Chapecó e Seara, cidades todas de Santa Catarina.

O objetivo desse projeto é garantir a formação docente com vistas à apreensão dos conhecimentos das diferentes áreas do saber escolarizado. O profissional estará apto a transmitir todo o conhecimento adquirido, de forma interdisciplinar, transversal e contextualizada, em consonância com os anseios e a realidade sociocultural, econômica, política e ambiental das comunidades indígenas.

A proposta prevê também a formação conforme as Diretrizes Curriculares Nacionais destinadas à Educação Escolar Indígena e do Referencial Curricular Nacional para a Educação Escolar Indígena (RCNEI). De acordo com os princípios estabelecidos pelo RCNEI, a educação escolar indígena deve ser: intercultural, bilíngue, comunitária, específica e diferenciada.

Para isso, o processo de formação dos professores busca desenvolver e imprimir posturas propositivas, atuando e participando em diferentes dimensões da vida de suas comunidades. Assim, a Unochapecó cumpre sua missão de produzir e difundir conhecimento, visando o desenvolvimento regional sustentável, além de estabelecer-se como pioneira na oferta de cursos de Licenciatura Intercultural Indígena no Brasil.

Perfil do Profissional

O licenciado que a Unochapecó forma é competente, comprometido, com postura ética, reconhecimento social e com engajamento político. Possui conhecimentos científicos, técnicos e pedagógicos, com competências para desenvolver projetos de pesquisa, definir, organizar e efetivar propostas curriculares de acordo com os níveis de ensino e os interesses das comunidades onde atua. O egresso é habilitado a atuar no exercício docente na educação infantil, ensino fundamental e em disciplinas específicas do ensino médio.

Mercado de Trabalho

A formação pela Unochapecó fornece conhecimentos ao futuro educador para que ele se torne um agente da construção e da reconstrução da comunidade em que atua. O curso capacita o licenciado indígena a atuar criando e utilizando estratégias didáticas e pedagógicas adequadas à realidade do local em que realiza suas atividades.

Dados Legais

Autorização: Resolução 053/CONSUN/2009, de 12 de maio de 2009. Alterada pela Resolução 031/CONSUN/2012
Reconhecimento:
Línguas, Artes e Literaturas: Decreto nº 2.215/2014 do Conselho Estadual de Educação, publicado do Diário Oficial de Santa Catarina nº 19.792 de 2014.
Matemática e Ciências Naturais: Decreto nº 1.870/2013 do Conselho Estadual de Educação, publicado do Diário Oficial de Santa Catarina nº 19.710 de 2013.
Ciências Sociais: Decreto nº 1.967/2014 do Conselho Estadual de Educação, publicado do Diário Oficial de Santa Catarina nº 19.742 de 2014.
Pedagogia: Decreto nº 2.125/2014 do Conselho Estadual de Educação, publicado do Diário Oficial de Santa Catarina, nº 19.792 de 2014.

  • Licenciatura
  • DURAÇÃO: 5 ANOS (4215 HORAS)
  • MODALIDADE: PRESENCIAL
  • CAMPUS CHAPECÓ SC
  • INTEGRAL

A MELHOR ESTRUTURA DA REGIÃO

MATRIZ CURRICULAR

ACONTECE NO CURSO

COORDENAÇÃO

TERESA MACHADO DA SILVA DILL

COORDENADORA GERAL -  Mestre em História pela Universidade de Passo Fundo- UPF. Docente e Coordenadora da Pós Graduação Lato Sensu em Educação Em Direitos Humanos (EDH). Coordenadora Geral do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica - PARFOR pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó -Unochapecó. Possui experiência em História com ênfase Historiografia. Pesquisadora dos Grupos de Pesquisa Desenvolvimento Regional, Política Pública e Governança; Desigualdades Sociais, Diversidades Socioculturais e Práticas Educativas; Política Pública e Desenvolvimento Regional.

COORDENADORA GERAL -  Mestre em História pela Universidade de Passo Fundo- UPF. Docente e Coordenadora da Pós Graduação Lato Sensu em Educação Em Direitos Humanos (EDH). Coordenadora Geral do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica - PARFOR pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó -Unochapecó. Possui experiência em História com ênfase Historiografia. Pesquisadora dos Grupos de Pesquisa Desenvolvimento Regional, Política Pública e Governança; Desigualdades Sociais, Diversidades Socioculturais e Práticas Educativas; Política Pública e Desenvolvimento Regional.

COORDENAÇÃO

SANDRA MARA SABEDOT BORDIN

Mestre em Ciências Ambientais pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó). Especialista em Biologia Animal pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC). Graduada em Ciências Biológicas pela mesma universidade. Docente na Universidade Comunitária da Região de Chapecó na Área de Ciências Exatas e Ambientais. Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Entomologia atuando em ecologia de insetos, manejo ecológico e integrado de pragas e interação inseto/planta. Integrante do Grupo de Pesquisa: Grupo de Estudos da Bacia Hidrográfica do Alto Rio Uruguai. Pesquisadora na linha de pesquisa: Ecologia e Conservação da fauna.

Mestre em Ciências Ambientais pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó). Especialista em Biologia Animal pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC). Graduada em Ciências Biológicas pela mesma universidade. Docente na Universidade Comunitária da Região de Chapecó na Área de Ciências Exatas e Ambientais. Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Entomologia atuando em ecologia de insetos, manejo ecológico e integrado de pragas e interação inseto/planta. Integrante do Grupo de Pesquisa: Grupo de Estudos da Bacia Hidrográfica do Alto Rio Uruguai. Pesquisadora na linha de pesquisa: Ecologia e Conservação da fauna.

COORDENAÇÃO

SUZI LAURA DA CUNHA

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (1995). Especialização em Orientação Educacional, Educação Infantil e Anos Iniciais, Educação Profissional integrada à Educação Básica Modalidade, Especialização Docência na Educação Superior. Mestre em Educação. Atualmente é professora da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó). Experiência na área de Educação, atuando, principalmente, nos seguintes temas: Educação de Jovens e Adultos, Formação de Professores e Educação Popular.

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (1995). Especialização em Orientação Educacional, Educação Infantil e Anos Iniciais, Educação Profissional integrada à Educação Básica Modalidade, Especialização Docência na Educação Superior. Mestre em Educação. Atualmente é professora da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó). Experiência na área de Educação, atuando, principalmente, nos seguintes temas: Educação de Jovens e Adultos, Formação de Professores e Educação Popular.

COORDENAÇÃO

MARCIA MORENO

Possui graduação em Desenho e Plástica Licenciatura pela Universidade Federal de Santa Maria (2002), graduação em Desenho e Plastica Bacharelado pela Universidade Federal de Santa Maria (2000), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (2005) e especialização em Criatividade: arte e tecnologias pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2009) e Doutorado em andamento em Artes Visuais (UDESC/PPGAV). Coordena a Galeria de Artes Agostinho Duarte (Unochapecó). Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Desenho, criatividade, Sketchbook, pintura de painéis e educação. Coordena o curso de Licenciatura Intercultural Indígena em Línguas, Artes e Literaturas (Unochapecó). Líder do grupo de pesquisa: Arte, Visualidade e Cultura (Unochapecó). Atuou como vice presidente do Conselho de Cultura e Políticas da Secretaria de Cultura de Chapecó - SECUL. Foi membro associado da ADENTRO (Associação dos Artistas Visuais da Região Oeste).

Possui graduação em Desenho e Plástica Licenciatura pela Universidade Federal de Santa Maria (2002), graduação em Desenho e Plastica Bacharelado pela Universidade Federal de Santa Maria (2000), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (2005) e especialização em Criatividade: arte e tecnologias pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2009) e Doutorado em andamento em Artes Visuais (UDESC/PPGAV). Coordena a Galeria de Artes Agostinho Duarte (Unochapecó). Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Desenho, criatividade, Sketchbook, pintura de painéis e educação. Coordena o curso de Licenciatura Intercultural Indígena em Línguas, Artes e Literaturas (Unochapecó). Líder do grupo de pesquisa: Arte, Visualidade e Cultura (Unochapecó). Atuou como vice presidente do Conselho de Cultura e Políticas da Secretaria de Cultura de Chapecó - SECUL. Foi membro associado da ADENTRO (Associação dos Artistas Visuais da Região Oeste).

DEPOIMENTOS

​​Sobre Estágios:

"Estagiar faz conhecer realidades diferentes, se sentir inserido, como parte de algo muito maior. A percepção de mundo amplia e você tem um crescimento profissional e pessoal, se torna mais humano."

Ingrid Thays Santin - acadêmica de Publicidade e Propaganda

Sobre bolsas de estudo:

​​"Facilita a entrada na Universidade, como geração e fomento à aprendizagem, à geração de novos conhecimentos e à qualificação profissional. Sem ela não teria condições de cursar nível superior."

Ricardo Luiz Inocêncio - acadêmico de Administração

Sobre intercâmbio:

"O intercâmbio foi de grande importância, pois abriu as portas para um mundo repleto de novidades, conhecimento e possibilidades, principalmente na minha área de formação."

Marina Folle Schielke - acadêmica de Jornalismo

A UNO FAZ MAIS POR VOCÊ