Webmail
Menu Busca
Mestrado em políticas regionais

De caráter interdisciplinar e profissional, o Mestrado em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais da Unochapecó, homologado pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), Portaria MEC 1.045, de 18/08/10, publicada no Diário Oficial da União de 19/08/10, sec 1, p. 10, e recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), está em funcionamento desde maio de 2010. Em 2017, o Programa obteve em sua avaliação quadrienal o conceito quatro e encaminhou à Capes proposta para abertura de curso de doutorado.

 

Vincula-se à Área de Planejamento Urbano e Regional/Demografia da Capes e integra a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (Anpur), desde 2013.

 

Objetivos

Tem como objetivo preparar profissionais com qualificação teórico-metodológica para análise e atuação no campo das políticas públicas e dinâmicas regionais, na perspectiva do desenvolvimento e transformação social.

 

A quem se destina

Destina-se aos envolvidos e/ou interessados no trabalho com políticas públicas e na compreensão das problemáticas e dinâmicas regionais. Podem se candidatar profissionais que atuam como trabalhadores e gestores em diferentes áreas de políticas públicas e como agentes de desenvolvimento local/regional.

 

Área de concentração

Políticas Públicas e Dinâmicas Regionais.

O diploma do mestrado profissional tem validade nacional e outorga ao seu detentor os mesmos direitos concedidos aos portadores da titulação nos cursos de mestrados acadêmicos.

 

Linha 1: Políticas Públicas e Desenvolvimento

Essa linha visa reunir investigações e propostas de intervenção que têm origem na atuação do Estado e de diferentes níveis de governo, na interlocução com a sociedade, relativas ao planejamento, gestão ou governança, que se apresentam sob formas institucionais de funcionamento e ação, para formulação, execução e avaliação de políticas públicas, tendo em vista seus efeitos no desenvolvimento.

 

 

Linha 2: Dinâmicas Regionais e Transformação Social

Essa linha está voltada para estudo e intervenção na diversidade de dinâmicas regionais e locais, produzidas por um amplo espectro de atores envolvidos nas transformações econômicas, socioambiental, culturais e subjetivas na região. São focados processos de mobilização, movimentos e participação social, formas de organizações comunitárias e de grupos tradicionalmente excluídos, questões rurais concernentes à vida no campo e à sucessão familiar na agricultura, questões urbanas ligadas à segurança e uso de tecnologias com suas consequências para a vida, bem como a luta pelos direitos sociais e o direito à cidade.

 

Duração do curso

- 24 meses

Devendo o aluno cumprir:

- 12 créditos em disciplinas obrigatórias, independentemente da linha de pesquisa;

- 12 créditos em disciplinas optativas e/ou tópicos especiais;

- 06 (seis) créditos na elaboração da dissertação.

Confira o edital de 2017.

 

Nova abertura de edital para processo seletivo discente (aluno regular) a partir do mês de setembro de 2018.

  • Mestrado
  • Chapecó
  • DURAÇÃO:

    Mestrado: 24 meses

  • Coordenador

    Irme Salete Bonamigo

  • E-mail

    ppgps@unochapeco.edu.br

  • Telefone da Secretaria

    (49) 3321-8090

A disciplina procura estabelecer relações entre cidadania, tomada como um processo de constituição de direitos e a situação de categorias historicamente vulneráveis na região (caboclos, camponeses, indígenas, comunidade tradicionais dentre outras).


3 créditos | 45 horas | Código: 7000102 | Ementa atualizada em: 15/07/2011

A disciplina destina-se a discussão específicas, individuais, entre orientador e orientando , no sentido de precisar e avançar a elaboração do trabalho final. Portanto, o resultado da disciplina deverá ser sua versão definitiva da proposta de trabalho final.


6 créditos | 90 horas | Código: 70830062 | Ementa atualizada em: 01/02/2010

Abordagens territoriais do desenvolvimento local/regional. Agricultura familiar e desenvolvimento rural. Políticas de desenvolvimento regional e rural. Formação histórica, ocupação do espaço, dinâmicas regionais e rurais. Para o segundo semestre de dois mil e dezoito, a coordenação fará os ajustes necessários e informará no decorrer do primeiro semestre de dois mil e dezoito.


3 créditos | 45 horas | Código: 7060272 | Ementa atualizada em: 20/12/2017

Pensamento político moderno e teorias do Estado. Concepções acerca da administração pública e formulação de políticas. Formação e fundamentos político-jurídicos do Estado brasileiro. Paradigmas de desenvolvimento e políticas públicas. Políticas, governo e governança no Brasil em períodos recentes;


3 créditos | 45 horas | Código: 7000216 | Ementa atualizada em: 20/12/2017

Formação histórica regional. Globalização e repercussões regionais. Organização econômica regional. Movimentos e processos de resistência na região. A região e as políticas sociais. Dilemas da modernização regional.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000061 | Ementa atualizada em: 01/02/2010

Política Regional. Política Urbana. Industria, Trabalho e Habitação. Comparativo dos determinantes da conformação das dinâmicas regionais, dos diferentes fatores econômicos, políticos, culturais e ambientais que caracterizam o processo de desenvolvimento da região. Dinâmicas socioespaciais urbanas e os Planos Diretores. Análises de experiências de desenvolvimento regional.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000214 | Ementa atualizada em: 26/06/2017

Estado e sociedade na gestão de políticas sociais locais/regionais. Descentralização, desconcentração e poder local. Representação, participação e deliberação. Inter-setorialidade e redes sociais na governança local. Práticas políticas tradicionais e inovadoras. Governança, equidade e justiça social na gestão de políticas locais/regionais.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000064 | Ementa atualizada em: 01/02/2010

Abordagens epistemológicas e produção do conhecimento. Metodologias de abordagens quantitativa, qualitativa e participativa. Técnicas e instrumentos para a construção e o desenvolvimento de pesquisa e intervenção social. O papel dos atores e organizações no desenvolvimento de projetos. Ética na produção de conhecimento;


3 créditos | 45 horas | Código: 7000215 | Ementa atualizada em: 20/12/2017

A constituição do sistema de proteção social brasileiro. Tendências atuais das políticas que compõem a Seguridade Social: Saúde, Assistência Social e Previdência Social. O lugar da família na proteção social. Atuação em redes. A seguridade social na realidade regional;


3 créditos | 45 horas | Código: 7000217 | Ementa atualizada em: 20/12/2017

Associativismo civil, redes sociais e capital social. Movimentos sociais e organizações não-governamentais na era de globalização e da sociedade de redes. As relações entre articipação política, associativismo e cidadania. Associativismo, capital social e redes sociais no oeste catarinense.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000065 | Ementa atualizada em: 01/02/2010

Globalização e políticas de desenvolvimento no Estado brasileiro. Construção dos territórios (usos sociais). Apropriação dos elementos de pertencimento na construção da territorialidade. Rebatimentos globais-locais das políticas sociais. Recepção das políticas sociais. Embates na construção de políticas para o desemvolvimento local. Globalização de baixo. Territórios de precariedade. Projetos para a região oeste de Santa Catarina.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000067 | Ementa atualizada em: 01/02/2010

Disciplina de ementa aberta, destinada a desenvolver temáticas de interesse para a área de concentração de "Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais", de uma perspectiva teórica, metodológica e/ou empírica, não contempladas ou apenas tangencialmente tratadas pelas demais disciplinas.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000068 | Ementa atualizada em: 01/02/2010

Ética na pesquisa e na produção científica. Produção de textos científicos (resumos, relatórios, trabalhos completos e artigos). Apresentação de informações qualitativas e quantitativas. Consulta a banco de dados. Normas de publicação em periódicos de referência nacional e internacional.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000088 | Ementa atualizada em: 21/01/2011

Abordagems críticas e filosóficas des fenômenos sócio-históricos: alienação contemporânea em um contexto global e regional.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000089 | Ementa atualizada em: 21/01/2011

Políticas públicas no Brasil. Segurança pública, teorias e conceitos fundamentais. Atores, organizações e dinâmicas de territorialização no âmbito da Segurança Pública. Fundamentos teóricos e pressupostos socioprofissionais das agências policiais presentes no campo da segurança pública. Regionalização da segurança pública. Alternativas políticas e institucionais da segurança pública;


3 créditos | 45 horas | Código: 7000218 | Ementa atualizada em: 20/12/2017

Relativismo das culturas e universalidade dos direitos humanos. Inter-relação e complementariedade dos princípios base dos direitos humanos. Gênero como categoria da análise do poder e da política. Transversalidade da perspectiva de gênero na política social. A compreensão das categorias violência e insegurança à luz das mudanças que compõem a contemporaneidade. Atuais configurações de práticas violentas e políticas públicas.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000121 | Ementa atualizada em: 06/07/2012

Relativismo das culturas e universalidade dos direitos humanos. Inter-relação e complementariedade dos princípios base dos direitos humanos. Gênero como categoria da análise do poder e da política. Transversalidade da perspectiva de gênero na política social. A compreensão das categorias violência e insegurança à luz das mudanças que compõem a contemporaneidade. Atuais configurações de práticas violentas e políticas públicas.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000066 | Ementa atualizada em: 01/02/2010

Paradigmas de desenvolvimento local/regional. Abordagens territoriais e setoriais no desenvolvimento local/regional. Estratégias e projetos. Características de uma região predominantemente rural. Políticas de Desenvolvimento Rural. Desenvolvimento rural, dinâmicas de mercado e redes no Oeste Catarinense.


3 créditos | 45 horas | Código: 706020001 | Ementa atualizada em: 01/02/2010

Desenvolvimento urbano e regional. Revisão histórica sobre o planejamento urbano e regional do Brasil no contexto de globalização. Reflexões em torno da regionalização. Formação de sistemas urbanos. Abordagens das transformações socioespaciais e políticas regionais no Brasil. Dinâmicas socioespaciais urbanas e os planos diretores. Desenvolvimento, planejamento e governança; Análise crítica da gestão pública. Análises de experiências de desenvolvimento regional.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000191 | Ementa atualizada em: 02/07/2015

Introdução aos modelos e teorias sobre as organizações sociais. Abordagens sobre as Redes. Fundamentos teóricos do capital social. Movimentos sociais e ações coletivas. Associativismo e redes na dinâmica regional.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000235 | Ementa atualizada em: 19/06/2018

Estado e planejamento no Brasil. Planejamento e desenvolvimento urbano e regional. Regionalização e urbanização brasileiras. Trajetória de políticas e planejamento urbano e regional no séc. XX e XXI. Governo, gestão pública e governança em contexto de globalização. Análise de experiências de planejamento urbano e regional no Brasil.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000236 | Ementa atualizada em: 19/06/2018

Região como construção social. Configuração do espaço e das relações de poder. Repercussões da globalização nas dinâmicas regionais. Dinâmicas espaciais na relação com a ocupação de diferentes grupos. Construção de projetos regionais, disputas e embates. Agendas locais, atores, mediadores e fóruns de legitimidade.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000237 | Ementa atualizada em: 19/06/2018

Genealogia do poder/saber. A biopolítica enquanto dispositivo de controle. O poder medical, dispositivo de raça, dispositivo de sexualidade, dispositivo de segurança, a governamentalidade neoliberal. Dispositivos tecnologias políticas e subjetivação na contemporaneidade.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000238 | Ementa atualizada em: 19/06/2018

Delineamentos de pesquisa e intervenção. Parâmetros, indicadores e estratégias de monitoramento, avaliação de projetos de pesquisa e intervenção social. Mecanismos de comunicação na produção e disseminação do conhecimento. Ética e compromisso social na produção do conhecimento. Pré-qualificação dos projetos de pesquisa e extensão.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000239 | Ementa atualizada em: 19/06/2018

Alunos de Mestrado

Aline Vasconcelo Battisti
Angela Patricia Piana
Cleidiane Cigognini
Deisi Maria dos Santos Klagenberg
Eliziane Raquel Rauch Ceratti
Franciele Dalbosco
Gilberto dos Santos
Janaina Daudt dos Santos
Joanna de Paula Mynarski
Silvio Faccin da Rosa

Alunos de Mestrado

O Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais oferece vagas em disciplinas isoladas (aluno especial). A seleção é realizada semestralmente, considerando as normas do Programa, por meio de edital específico. 

 

No caso de posteriormente o candidato ingressar no Programa como aluno regular, poderão ser aproveitados créditos cursados como aluno especial, conforme previsto no regulamento do programa. O fato de cursar disciplinas isoladas não garante o ingresso como aluno regular devendo o candidato submeter-se ao processo seletivo discente, realizado anualmente.

 

Para inscrever-se nesta modalidade, o candidato deverá contemplar as informações do edital e entregar os documentos abaixo relacionados:

 

I - formulário de inscrição devidamente preenchido (anexo do edital);

II - cópia légivel do documento de Identidade e do CPF (no caso de o candidato ser estrangeiro, deverão ser apresentados os documentos exigidos pela legislação específica);

III - cópia legível da Certidão de Nascimento ou Casamento;

IV - cópia légivel  da Quitação com o Serviço Militar;

V - cópia legível do Título Eleitoral;

VI - comprovante (legível) da última votação ou declaração de quitação eleitoral expedida no site do TRE (Tribunal Regional Eleitoral);

VII - comprovante (legível) de vacinação contra rubéola para mulheres até 40 anos;

VIII - comprovante (legível) de residência atualizado;

IX - cópia legível do Diploma do Curso de Graduação;

X - cópia legível do Histórico Escolar do Curso de Graduação;

XI - Curriculum vitae devidamente documentado  (não é necessário autenticar as cópias).

 

Confira aqui o edital de 2018/2

SOLICITAÇÃO DA QUALIFICAÇÃO

 

1) Preencher na íntegra o formulário de agendamento de QUALIFICAÇÃO da dissertação e encaminhar a Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu com no mínimo 20 dias de antecedência da data agendada, devidamente assinado.

 

2) A Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu procederá com a reserva de sala e equipamentos para a qualificação, porém, cabe ao estudante preencher devidamente o formulário de agendamento com todas as informações solicitadas.

 

3) No caso de realização de banca por videoconferência, o estudante deverá consultar a Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu, antes da entrega do formulário de agendamento, quanto a disponibilidade do local.

 

SOLICITAÇÃO DA DEFESA

 

1) Preencher na íntegra o formulário de agendamento de DEFESA da dissertação e encaminhar a Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu com no mínimo 30 dias de antecedência da data agendada, devidamente assinado.

 

2) A Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu procederá com a reserva de sala e equipamentos para a defesa, porém, cabe ao estudante preencher devidamente o formulário de agendamento com todas as informações solicitadas.

 

3) No caso de realização de banca por videoconferência, o estudante deverá consultar a Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu, antes da entrega do formulário de agendamento, quanto a disponibilidade do local.

 

4) Para os encaminhamentos de passagens aéreas/terrestres e hospedagem do membro externo, os contatos necessários e as informações são de responsabilidade do estudante/orientador e devem ser sugeridos no formulário de agendamento de defesa.

 

ENTREGA DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO

 

Dentro do prazo regimental (60 dias após a defesa da dissertação) o estudante deverá encaminhar à Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu  os documentos abaixos abaixo relacionados para os trâmites de homologação da dissertação em Colegiado e posterior emissão do diploma:


a) Ficha catalográfica: o encaminhamento da confecção da ficha catalográfica é de responsabilidade do(a) estudante. Para isso deverá procurar profissional habilitado.

 

b) Dissertação/trabalho final:  deverá ser entregue uma cópia da dissertação em CD, contendo o trabalho final em seu formato integral, de acordo com a normatização do Programa, incluindo, no corpo do trabalho, a capa da dissertação, a ficha catalográfica e a folha de aprovação da dissertação final (preenchida e assinada).

 

OBSERVAÇÃO: A entrega do CD deve obedecer esta normatização.

 

Modelo da capa da dissertação

 

Folha de aprovação da dissertação final*

 

Folha de aprovação da dissertação final (com professor coorientador)*

 

*O estudante, para a data de sua defesa, deverá preencher a folha de aprovaçaõ final com as informações solicitadas  e coletar as assinaturas dos membros da sua banca. Posteriormente, deverá inseri-la no corpo da dissertação (versão final).

 

c) Submissão do artigo: deverá ser entregue uma cópia física da submissão do artigo a periódico qualificado (informar o qualis da revista).Verifique o regramento da sua modalidade de bolsa de estudo quanto à submissão de artigo.

 

d) Declaração de conferência da dissertação: deverá ser entregue em cópia física, devidamente preenchida na íntegra e assinada pelo(a) orientador(a).

 

e) Licença do autor: deverá ser entregue em cópia física, devidamente preenchida na íntegra e assinada pelo(a) estudante.

 

Normatização da dissertação final (A4)


Após os trâmites de homologação da dissertação em Colegiado, a Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu encaminhará os documentos à Secretaria Acadêmica para os trâmites finais da emissão do diploma. O estudante será informado da retirada do diploma junto à Central de Relacionamento. Não serão encaminhados diplomas via correio.