Webmail
Menu Busca
Mestrado em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais - nova identidade 2018 - 840x200

De caráter interdisciplinar e profissional, o Mestrado em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais da Unochapecó, homologado pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), Portaria MEC 1.045, de 18/08/10, publicada no Diário Oficial da União de 19/08/10, sec 1, p. 10, e recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), está em funcionamento desde maio de 2010. Em 2017, o Programa obteve em sua avaliação quadrienal o conceito quatro e encaminhou à Capes proposta para abertura de curso de doutorado.

 

Vincula-se à Área de Planejamento Urbano e Regional/Demografia da Capes e integra a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (Anpur), desde 2013.

 

Objetivos

Tem como objetivo preparar profissionais com qualificação teórico-metodológica para análise e atuação no campo das políticas públicas e dinâmicas regionais, na perspectiva do desenvolvimento e transformação social.

 

A quem se destina

Destina-se aos envolvidos e/ou interessados no trabalho com políticas públicas e na compreensão das problemáticas e dinâmicas regionais. Podem se candidatar profissionais que atuam como trabalhadores e gestores em diferentes áreas de políticas públicas e como agentes de desenvolvimento local/regional.

 

Área de concentração

Políticas Públicas e Dinâmicas Regionais.

O diploma do mestrado profissional tem validade nacional e outorga ao seu detentor os mesmos direitos concedidos aos portadores da titulação nos cursos de mestrados acadêmicos.

 

Linha 1: Políticas Públicas e Desenvolvimento

Essa linha visa reunir investigações e propostas de intervenção que têm origem na atuação do Estado e de diferentes níveis de governo, na interlocução com a sociedade, relativas ao planejamento, gestão ou governança, que se apresentam sob formas institucionais de funcionamento e ação, para formulação, execução e avaliação de políticas públicas, tendo em vista seus efeitos no desenvolvimento.

 

 

Linha 2: Dinâmicas Regionais e Transformação Social

Essa linha está voltada para estudo e intervenção na diversidade de dinâmicas regionais e locais, produzidas por um amplo espectro de atores envolvidos nas transformações econômicas, socioambiental, culturais e subjetivas na região. São focados processos de mobilização, movimentos e participação social, formas de organizações comunitárias e de grupos tradicionalmente excluídos, questões rurais concernentes à vida no campo e à sucessão familiar na agricultura, questões urbanas ligadas à segurança e uso de tecnologias com suas consequências para a vida, bem como a luta pelos direitos sociais e o direito à cidade.

 

Duração do curso

- 24 meses

Devendo o aluno cumprir:

- 12 créditos em disciplinas obrigatórias, independentemente da linha de pesquisa;

- 12 créditos em disciplinas optativas e/ou tópicos especiais;

- 06 (seis) créditos na elaboração da dissertação.

De 05 de setembro a 31 de outubro de 2018 estão abertas as inscrições para o processo seletivo discente do Mestrado em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais.

 

Confira o edital aqui.

 

Anexos do Edital n. 064/Reitoria/2018:

 

Anexo I - Formulário de inscrição (deverá ser anexado com os demais documentos exigidos no sistema on line de inscrições)

 

- Anexo II - Ficha de avaliação do currículo

 

As publicações do Edital n. 064/Reitoria/2018 poderão ser acompanhada pela página do Programa em "Documentos úteis".

 

Confira a bibliografia do processo seletivo em "Documentos úteis"

 

  • Mestrado
  • Chapecó e São Lourenço do Oeste
  • DURAÇÃO:

    Mestrado: 24 meses

  • Coordenador

    Irme Salete Bonamigo

  • E-mail

    ppgps@unochapeco.edu.br

  • Telefone da Secretaria

    (49) 3321-8090

A disciplina destina-se a discussão específicas, individuais, entre orientador e orientando , no sentido de precisar e avançar a elaboração do trabalho final. Portanto, o resultado da disciplina deverá ser sua versão definitiva da proposta de trabalho final.


6 créditos | 90 horas | Código: 70830062 | Ementa atualizada em: 01/02/2010

Abordagens territoriais do desenvolvimento local/regional. Agricultura familiar e desenvolvimento rural. Políticas de desenvolvimento regional e rural. Formação histórica, ocupação do espaço, dinâmicas regionais e rurais.


3 créditos | 45 horas | Código: 7060272 | Ementa atualizada em: 20/12/2017

Pensamento político moderno e teorias do Estado. Concepções acerca da administração pública e formulação de políticas. Formação e fundamentos político-jurídicos do Estado brasileiro. Paradigmas de desenvolvimento e políticas públicas. Políticas, governo e governança no Brasil em períodos recentes;


3 créditos | 45 horas | Código: 7000216 | Ementa atualizada em: 20/12/2017

Estado e sociedade na gestão de políticas sociais locais/regionais. Descentralização, desconcentração e poder local. Representação, participação e deliberação. Inter-setorialidade e redes sociais na governança local. Práticas políticas tradicionais e inovadoras. Governança, equidade e justiça social na gestão de políticas locais/regionais.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000064 | Ementa atualizada em: 01/02/2010

Abordagens epistemológicas e produção do conhecimento. Metodologias de abordagens quantitativa, qualitativa e participativa. Técnicas e instrumentos para a construção e o desenvolvimento de pesquisa e intervenção social. O papel dos atores e organizações no desenvolvimento de projetos. Ética na produção de conhecimento;


3 créditos | 45 horas | Código: 7000215 | Ementa atualizada em: 20/12/2017

A constituição do sistema de proteção social brasileiro. Tendências atuais das políticas que compõem a Seguridade Social: Saúde, Assistência Social e Previdência Social. O lugar da família na proteção social. Atuação em redes. A seguridade social na realidade regional;


3 créditos | 45 horas | Código: 7000217 | Ementa atualizada em: 20/12/2017

Políticas públicas no Brasil. Segurança pública, teorias e conceitos fundamentais. Atores, organizações e dinâmicas de territorialização no âmbito da Segurança Pública. Fundamentos teóricos e pressupostos socioprofissionais das agências policiais presentes no campo da segurança pública. Regionalização da segurança pública. Alternativas políticas e institucionais da segurança pública;


3 créditos | 45 horas | Código: 7000218 | Ementa atualizada em: 20/12/2017

Relativismo das culturas e universalidade dos direitos humanos. Inter-relação e complementariedade dos princípios base dos direitos humanos. Gênero como categoria da análise do poder e da política. Transversalidade da perspectiva de gênero na política social. A compreensão das categorias violência e insegurança à luz das mudanças que compõem a contemporaneidade. Atuais configurações de práticas violentas e políticas públicas.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000121 | Ementa atualizada em: 06/07/2012

Introdução aos modelos e teorias sobre as organizações sociais. Abordagens sobre as Redes. Fundamentos teóricos do capital social. Movimentos sociais e ações coletivas. Associativismo e redes na dinâmica regional.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000235 | Ementa atualizada em: 19/06/2018

Estado e planejamento no Brasil. Planejamento e desenvolvimento urbano e regional. Regionalização e urbanização brasileiras. Trajetória de políticas e planejamento urbano e regional no séc. XX e XXI. Governo, gestão pública e governança em contexto de globalização. Análise de experiências de planejamento urbano e regional no Brasil.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000236 | Ementa atualizada em: 19/06/2018

Região como construção social. Configuração do espaço e das relações de poder. Repercussões da globalização nas dinâmicas regionais. Dinâmicas espaciais na relação com a ocupação de diferentes grupos. Construção de projetos regionais, disputas e embates. Agendas locais, atores, mediadores e fóruns de legitimidade.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000237 | Ementa atualizada em: 19/06/2018

Genealogia do poder/saber. A biopolítica enquanto dispositivo de controle. O poder medical, dispositivo de raça, dispositivo de sexualidade, dispositivo de segurança, a governamentalidade neoliberal. Dispositivos tecnologias políticas e subjetivação na contemporaneidade.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000238 | Ementa atualizada em: 19/06/2018

Delineamentos de pesquisa e intervenção. Parâmetros, indicadores e estratégias de monitoramento, avaliação de projetos de pesquisa e intervenção social. Mecanismos de comunicação na produção e disseminação do conhecimento. Ética e compromisso social na produção do conhecimento. Pré-qualificação dos projetos de pesquisa e extensão.


3 créditos | 45 horas | Código: 7000239 | Ementa atualizada em: 19/06/2018

Alunos de Mestrado

Alunos de Mestrado

O Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais oferece vagas em disciplinas isoladas (aluno especial). A seleção é realizada semestralmente, considerando as normas do Programa, por meio de edital específico. 

 

No caso de posteriormente o candidato ingressar no Programa como aluno regular, poderão ser aproveitados créditos cursados como aluno especial, conforme previsto no regulamento do programa. O fato de cursar disciplinas isoladas não garante o ingresso como aluno regular devendo o candidato submeter-se ao processo seletivo discente, realizado anualmente.

 

Para inscrever-se nesta modalidade, o candidato deverá contemplar as informações do edital e entregar os documentos abaixo relacionados:

 

I - formulário de inscrição devidamente preenchido (anexo do edital);

II - cópia légivel do documento de Identidade e do CPF (no caso de o candidato ser estrangeiro, deverão ser apresentados os documentos exigidos pela legislação específica);

III - cópia legível da Certidão de Nascimento ou Casamento;

IV - cópia légivel  da Quitação com o Serviço Militar;

V - cópia legível do Título Eleitoral;

VI - comprovante (legível) da última votação ou declaração de quitação eleitoral expedida no site do TRE (Tribunal Regional Eleitoral);

VII - comprovante (legível) de vacinação contra rubéola para mulheres até 40 anos;

VIII - comprovante (legível) de residência atualizado;

IX - cópia legível do Diploma do Curso de Graduação;

X - cópia legível do Histórico Escolar do Curso de Graduação;

XI - Curriculum vitae devidamente documentado  (não é necessário autenticar as cópias).

 

Confira aqui o edital de 2019/1

 

Confira os classificados em Documentos úteis

 

 

 

 

SOLICITAÇÃO DA QUALIFICAÇÃO

 

1) Preencher na íntegra o formulário de agendamento de QUALIFICAÇÃO da dissertação e encaminhar a Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu com no mínimo 20 dias de antecedência da data agendada, devidamente assinado.

 

2) A Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu procederá com a reserva de sala e equipamentos para a qualificação, porém, cabe ao estudante preencher devidamente o formulário de agendamento com todas as informações solicitadas.

 

3) No caso de realização de banca por videoconferência, o estudante deverá consultar a Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu, antes da entrega do formulário de agendamento, quanto a disponibilidade do local.

 

SOLICITAÇÃO DA DEFESA

 

1) Preencher na íntegra o formulário de agendamento de DEFESA da dissertação e encaminhar a Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu com no mínimo 30 dias de antecedência da data agendada, devidamente assinado.

 

2) A Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu procederá com a reserva de sala e equipamentos para a defesa, porém, cabe ao estudante preencher devidamente o formulário de agendamento com todas as informações solicitadas.

 

3) No caso de realização de banca por videoconferência, o estudante deverá consultar a Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu, antes da entrega do formulário de agendamento, quanto a disponibilidade do local.

 

4) Para os encaminhamentos de passagens aéreas/terrestres e hospedagem do membro externo, os contatos necessários e as informações são de responsabilidade do estudante/orientador e devem ser sugeridos no formulário de agendamento de defesa.

 

ENTREGA DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO

 

Dentro do prazo regimental (60 dias após a defesa da dissertação) o estudante deverá encaminhar à Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu  os documentos abaixos abaixo relacionados para os trâmites de homologação da dissertação em Colegiado e posterior emissão do diploma:


a) Ficha catalográfica: o encaminhamento da confecção da ficha catalográfica é de responsabilidade do(a) estudante. Para isso deverá procurar profissional habilitado (profissional com CRB/Conselho Regional de Biblioteconomia ou Biblioteca de outras Instituições de Ensino).

 

b) Dissertação/trabalho final:  deverá ser entregue uma cópia em pdf da dissertação em CD, contendo o trabalho final em seu formato integral, de acordo com a normatização do Programa, incluindo, no corpo do trabalho, a capa da dissertação, a ficha catalográfica e a folha de aprovação da dissertação final (preenchida e assinada).

 

Modelo da capa da dissertação

 

Folha de aprovação da dissertação final*

 

Folha de aprovação da dissertação final (com professor coorientador)*

 

*O estudante, para a data de sua defesa, deverá preencher a folha de aprovaçaõ final com as informações solicitadas  e coletar as assinaturas dos membros da sua banca. Posteriormente, deverá inseri-la no corpo da dissertação (versão final).

 

c) Submissão do artigo: deverá ser entregue uma cópia física da submissão do artigo a periódico qualificado (informar o qualis da revista).Verifique o regramento da sua modalidade de bolsa de estudo quanto à submissão de artigo.

 

d) Declaração de conferência da dissertação: deverá ser entregue em cópia física, devidamente preenchida na íntegra e assinada pelo(a) orientador(a).

 

e) Licença do autor: deverá ser entregue em cópia física, devidamente preenchida na íntegra e assinada pelo(a) estudante.

 

Normatização da dissertação final (A4)


Após os trâmites de homologação da dissertação em Colegiado, a Divisão dos Cursos de Pós-Graduação stricto sensu encaminhará os documentos à Secretaria Acadêmica para os trâmites finais da emissão do diploma. O estudante será informado da retirada do diploma junto à Central de Relacionamento. Não serão encaminhados diplomas via correio.