Webmail
Menu Busca

Como transformar lixo em negócio

Meio Ambiente

Texto Ícaro Colella* 

 

O Brasil é o 4º maior produtor de lixo do mundo, entretanto, a problemática não é apenas produzir em grande escala, mas também não dar destino correto a esses resíduos. Apenas 1,28% são reciclados e o restante vai parar em aterros que poluem o solo, as águas e podem transmitir doenças para os seres humanos. Resolver grandes problemas requer grandes ideias, e a Universidade é o espaço que proporciona condições para desenvolver essas soluções. No sábado (07/03), mais de 500 estudantes de nove cursos da Unochapecó estarão reunidos em uma aula integrada com esse propósito: desenvolver projetos que visem transformar o lixo em negócio. 

A atividade, denominada 'Innovation Camp', já é uma tradição na Uno e, pela primeira vez, a aula será realizada com nove cursos da Área de Ciências Exatas e Ambientais. Durante o sábado, os acadêmicos de  Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química e Sistemas da Informação serão divididos em grupo interdisciplinares, para que, com os diversos conhecimentos, consigam propor uma ideia de empreendimento. 

A programação, que integra os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), será dividida em dois momentos ao longo do dia. Primeiro serão explanados  dados do lixo em panorama mundial, nacional e regional, na apresentação de boas-vindas ministrada pelo facilitador da Junior Achievement. Em seguida, os acadêmicos serão divididos em grupos para pensar no projeto, acompanhados por mentores que receberam treinamento na Universidade. No restante do dia, eles irão utilizar ferramentas inovadoras para desenvolver o plano e em seguida gravar um vídeo de três minutos para apresentar a proposta. 

A coordenadora do curso de Engenharia de Alimentos e uma das organizadoras do evento, professora Michele Zanetti, afirma que o objetivo dessa aula é fazer com que os estudantes reflitam sobre suas futuras profissões e as responsabilidades que elas trazem. "O lixo é um problema técnico dos profissionais que estamos formando. Nós entendemos que essa temática pode contribuir mais com o desenvolvimento do perfil do egresso que a gente quer".

Após o envio do vídeo pelos grupos, no dia 17 de março as três principais ideias serão premiadas. Em seguida os grupos vencedores apresentam suas ideias, dessa vez ao vivo, para uma banca formada pelo poder executivo da cidade, empresários da região e professores da Unochapecó que trabalham com empreendedorismo. 

 

*Estagiário sob supervisão de Jessica De Marco

COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
lixo
Empreendedorismo
Acea

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus
Pós-Graduação UNOCHAPECÓ
Chame no Whatsapp