Minha Uno
Webmail
Menu Busca

Crianças conhecem na prática a fauna e a flora da região

Meio Ambiente

Texto Jordane Sartoretto*

 

Sair da rotina tradicional do ambiente escolar para realizar atividades em um lugar diferente é algo que as crianças adoram. Essas diversas formas de educar são ferramentas essenciais e auxiliam no desenvolvimento dos pequenos. Com o pensamento de conscientizar e aproximar as crianças a assuntos sobre o nosso meio ambiente, a Unochapecó realiza todos os semestres dentro da Universidade o Encontro de Educação Ambiental para a Infância. Na última quarta-feira (12/09), mais uma edição foi realizada, com a presença de alunos e professores das escolas Jardim do Lago e Núcleo de Ensino Fundamental Nova Itaberaba. Ao todo foram realizadas seis oficinas, que abordaram a fauna e a flora da nossa realidade regional.

Para a coordenadora da Escola Jardim do Lago, Simone Cineli, essas atividades contribuem para o desenvolvimento educacional das crianças. "A diversidade de alunos que temos em nossa sala de aula é grande. Temos algumas crianças que vieram do Haiti há três meses e estão no processo inicial de leitura, então, para eles, conhecer essas árvores que são nativas da nossa região é de extrema importância. Além disso, sair da escola e ter essa interação entre os colegas em um outro lugar e com profissionais da educação agrega muito”.

Vitor Lucas Hilleshain tem nove anos e já participou do encontro quatro vezes. Este ano, ele esteve na oficina 'Árvores da nossa região', desenvolvida pelo Museu de Ciências Naturais. "Foi bem legal hoje, nós fizemos a atividade de recortar e colar com folhas. Na escola nós também estamos aprendendo sobre as árvores, mas aqui foi um pouco diferente, nós experimentamos o cheiro da canela, da flor do algodão e do ipê, foi bem melhor do que eu imaginava", comenta.

Foto Todas as atividades desenvolvidas foram realizadas em parceria com o Museu de Ciências Naturais, os projetos de extensão Brinquedoteca, Viveiro Educativo, grupo de pesquisa Palavração e os cursos de Ciências Biológicas e Medicina Veterinária da Unochapecó. Nesta edição do Encontro, a coordenação foi da professora Sirlei Gasparetto.

As oficinas proporcionam muito conhecimento e possibilitam que as crianças tenham contato com equipamentos que nunca viram. Para o bolsista Marcelo Monteiro, que ajudou na organização das atividades, a oficina 'Polinização dos insetos', por exemplo, foi pensada como forma dos alunos interagirem com as atividades propostas. "Tivemos uma parte da oficina que era prática e envolvia o uso do microscópio e estereomicroscópio, equipamentos que as professoras nos relataram que as crianças nunca tiveram contato”,  relata.

Abordar questões sobre o meio ambiente possibilita que as crianças percebam e ajudem com a prevenção e o cuidado para o futuro do planeta. "Nossa intenção é de que as crianças, conhecendo melhor a nossa biodiversidade, se sensibilizem para, de fato, auxiliar na conservação ambiental", conclui a professora do curso de Ciências Biológicas, Ana Confortin, que também auxilia na organização das atividades.

 

*Estagiária sob supervisão de Jessica de Marco
COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Meio ambiente
Flora
Fauna
Criancas

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus