Webmail
Menu Busca

Curso de Nutrição da Unochapecó recebe nota máxima em avaliação do MEC

Educação

Texto Gabriel Kreutz*

 

A Unochapecó já recebeu muitas notícias boas do Ministério da Educação (MEC) nos últimos tempos. A mais recente delas veio na última quarta-feira (25/09), com a avaliação do curso de Nutrição, que conquistou a nota 5, o conceito mais alto concedido pelo Ministério. Isso quer dizer que o curso cumpre com os mais exigentes padrões de qualidade, o que garante a melhor formação profissional.

Para a coordenadora do curso, professora Fernanda Grison Confortin, a nota 5 representa alegria, satisfação e afirmação profissional. "Significa que tudo o que fazemos, todos os nossos esforços e o nosso envolvimento está valendo a pena, que estamos caminhando na direção certa. Esse 5 também é resultado de uma história de 15 anos, reflexo do amadurecimento de um trabalho coletivo, de professores comprometidos com o processo de ensino aprendizagem", ressalta.

Segundo a professora, um dos pontos mais elogiados pela comissão avaliativa foi o Projeto Pedagógico do Curso (PPC) e a matriz curricular. ''Também destacaram a qualidade e comprometimento do nosso corpo docente e a pesquisa do curso, que é muito forte e expressiva. Com isso, como os próprios avaliadores disseram, é proporcionada a formação de um profissional crítico e reflexivo, que sabe avaliar as condições de risco e sabe se posicionar frente aos novos desafios".

A professora explica que a pesquisa no curso iniciou em 2006 e, desde lá, se consolidou e vem se fortificando a cada ano. Nos últimos três anos o curso teve 19 projetos de pesquisa aprovados em editais, e 47 Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) já foram publicados a partir de projetos como esses. "Também, a extensão na área da saúde é muito forte. Estamos juntos com vários projetos, como o 'Sorriso para a Vida'. Mas vamos além, realizamos muito extensionismo com a comunidade, somos um curso muito requerido para estar nos processos de educação em saúde. Desenvolvemos ações educativas de orientação nutricional para públicos de uma maneira geral, com todas as faixas etárias, desde pessoas sadias, até com condições patológicas associadas, como diabetes e hipertensão", conta a professora.

Fernanda relata, ainda, que a infraestrutura da Universidade e do curso possibilitam um ensino completo, com laboratórios atualizados, com constante manutenção e bem equipados. "Outro destaque do nosso curso está associado com a gestão participativa. Temos anualmente um seminário pedagógico, que é um encontro onde reunimos todos os estudantes e professores do curso, e nos debruçamos com um olhar coletivo e crítico da nossa matriz curricular. Desse processo saem inúmeros indicadores de melhorias, pontos fortes e fracos, e a partir disso reavaliamos a matriz, o nosso PCC", completa.

Ter a chance de estudar o que gosta, e a certeza de que está em um curso nota máxima no MEC, para quem ainda está na graduação, é algo motivador. A estudante do 6º período de Nutrição, Milena Vivian Marocco, está vivendo exatamente esse momento no curso. "Atingir a nota 5 significa que alcançamos o topo, o ponto mais alto, todos juntos e com persistência. Com essa nota não há dúvidas que temos um ensino de qualidade e que teremos um diferencial no mercado de trabalho. Muito orgulho da escolha do curso de Nutrição e grata pelo 5 que conquistamos", conclui.

 

*Jornalista do Núcleo de Produção de Conteúdo (NPC) - Unochapecó

COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Nutricao
Nota maxima
MEC

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus