Webmail
Menu Busca

Desenvolvimento histórico de Chapecó em exposição no Ceom

Cultura

Texto Ícaro Colella* 

 

Durante o ano, o Centro de Memória do Oeste de Santa Catarina (Ceom) realiza exposições baseadas nas descobertas científicas ou pesquisas realizadas sobre a cultura regional. Desde o dia 12 de fevereiro, o Ceom recebe a exposição 'Entre Trilhas e Caminhos: a importância do tropeirismo no desenvolvimento de Chapecó'. A mostra apresenta ao público o processo de desenvolvimento socioeconômico da região Oeste de Santa Catarina, com foco no tropeirismo. A exposição ficará disponível no hall do Centro até dia 31 de maio, das segundas às sextas-feiras, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30.

Trata-se de uma exposição fotográfica que carrega imagens históricas da região relacionadas ao tropeirismo e à suinocultura. As fotografias que compõem a exposição refletem o desenvolvimento dessas atividades e como elas influenciaram a formação socioeconômica do território chapecoense. A mostra foi idealizada e realizada pelas historiadoras do Centro de Memória Alfa-maxicrédito, por meio do Edital Municipal de Fomento e Circulação das Linguagens Artísticas do município de Chapecó, em 2018. 

A coordenadora do Ceom, professora Mirian Carbonera, reconhece a importância do intercâmbio de exposições entre os museus. “Há alguns anos o Centro tem procurado desenvolver exposições pensando na itinerância e troca entre instituições. A experiência tem dado bons frutos, porque possibilita novos conhecimentos, fomenta a parceria entre os museus e o mais importante de tudo, valoriza a história e o patrimônio”.

As fotografias são registros históricos do tropeirismo local 
As fotos expõem o desenvolvimento agroindutrial de Chapecó 

 

 

 

 

 

 

 

O Ceom fica localizado no bairro Passo dos Fortes, no Terminal Rodoviário de Chapecó. O projeto e a pesquisa que deram origem a exposição também podem ser conferidos na íntegra, por meio do link

 

*Estagiário sob supervisão de Jessica De Marco

COMPARTILHE
TAGS
Exposicao
Chapeco
Ceom

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus