Webmail
Menu Busca

Dez trabalhos dos cursos de Comunicação representam a Unochapecó na Expocom Sul

Educação

Texto Luana Poletto*

 

A segunda edição 100% virtual do Encontro Inter-regiões, realizado pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), já tem data marcada para acontecer: na primeira semana do mês de agosto. O evento concentrará as atividades dos cinco encontros regionais, incluindo as etapas da Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom).

Neste ano, o Inter-regiões vai contar com atividades que reunirão os estudantes, pós-graduandos, professores e pesquisadores das cinco regiões do país - como as conferências de abertura, encerramento e a mesa do Ensicom, e outras específicas para cada região. Além da festa de premiação da Expocom por região.

A programação inicia no dia 02 e encerra dia 06 de agosto com a festa de premiação dos ganhadores da Expocom Sul. O calendário é diferente para cada uma das cinco regiões, e é possível conferir as datas no link. A Unochapecó estará representada na Expocom Sul com 10 trabalhos entre os finalistas. Estes, dos cursos de Jornalismo e Produção Audiovisual (Cinema e Vídeo).

A média de aprovação dos trabalhos da Universidade melhorou em relação ao ano passado. Para o professor Alexsandro Stumpf, coordenador da etapa interna da Expocom na Unochapecó, é difícil prever quais os trabalhos serão selecionados entre os finalistas da Exposição. “Não temos acesso prévio aos trabalhos das outras instituições de ensino que também concorrem e quantas submissões foram enviadas de cada modalidade. Primamos pela qualidade das nossas produções e a cada ano buscamos melhorar a qualidade dos trabalhos produzidos pelos estudantes da Unochapecó. Acredito que esse seja o reflexo de termos ampliado a média de aprovações nesse ano”, destaca.

Fernando Bortoluzzi, estudante do 8º período de Jornalismo, teve um trabalho classificado, produzido juntamente com os colegas Briann Ziarescki e Stefania Martinelli. 'Comunicação UNA LGBT Chapecó: Um projeto de comunicação social' foi realizado na disciplina de Assessoria de Imprensa. A escolha pela União Nacional LGBT (UNA), de Chapecó, se deu pela vontade de lidar com um cliente não comercial, mas social. “Os desafios iniciaram logo quando começamos a fazer as reuniões para entender qual é a missão da entidade. A gente já estava pensando em fazer a assessoria da Parada de luta, só que já haviam casos de coronavírus no Brasil, então nós sabíamos que tinha chances de não acontecer. Muita coisa que a gente planejou, que seria o impulsionamento, a promoção dos eventos da UNA, nós tivemos que remodelar isso para trabalhar no online. A gente teve resultados bem positivos e decidimos inscrever o trabalho no evento. Ficamos muito felizes com a aprovação, estamos bem confiantes para a próxima fase”, destaca. 

Já Angela Bueno, estudante do 6º período de Jornalismo, teve o podcast 'Lentes' aprovado. A produção foi realizada a partir de uma proposta de trabalho na disciplina de Direitos Humanos e Cidadania, juntamente com os colegas Christopher Marin, Claudia Schverz, Luana Poletto e Milena Fidelis. O primeiro episódio trata sobre cinco vezes que o Brasil feriu os Direitos Humanos, e o segundo aborda sobre o direito de amar. “Como estávamos na pandemia, não tivemos a possibilidade de nos encontrar para fazer o trabalho, então esse foi o principal desafio. Nós inscrevemos o podcast no evento porque gostamos muito do resultado final. Ficamos muito felizes com a aprovação e queremos dar continuidade ao Lentes, para alcançar um público maior e mostrar nosso trabalho”, salienta.

A egressa de Jornalismo, Alexsandra Zanesco, teve sua reportagem multimídia 'Transexualidade: um debate além das genitálias' classificada. A produção foi resultado de seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), desenvolvido em 2020. A escolha do tema se deu pela sua inquietação diante da forma como as pessoas transgênero são invisibilizadas e excluídas no mercado de trabalho e nos tantos espaços que não respeitam a diversidade. “Um dos desafios da pesquisa foi mapear fontes, pois muitas pessoas trans têm receio de falar sobre sua transição. Quando se debate gênero, sexualidade e diversidade, o desrespeito e a homofobia não têm vez. Estar entre os selecionados me traz uma sensação imensa de gratidão, pois meu trabalho carrega histórias de pessoas de luta e resistência, que, com muito afeto, compartilharam comigo um pouquinho de sua essência e me permitiram ver o mundo com outros olhos. Quero seguir debatendo gênero e sexualidade para que a forma com que as pessoas pensam e se sentem não sejam silenciadas. Levar meu trabalho para diversos espaços é um passo importante nessa jornada”, ressalta.

Isadora Rambo Martinelli, estudante do 4º período de Produção Audiovisual, teve seu ensaio fotográfico artístico aprovado. 'Anatomia: ensaio sobre a interdependência' teve como base a leitura do livro 'Revolução das Plantas: Um Novo Modelo Para O Futuro', de Stefano Mancuso, acerca da inteligência das plantas. “O ensaio tem como objetivo propor a reflexão sobre a interdependência da vida humana com a natureza, e o papel do ser humano como agente responsável. O trabalho foi bem intuitivo e a escolha das folhas foi um fator importante, visto que o objetivo era fotografar evidenciando suas estruturas. A pós-produção também é um fator importante, decisivo para a finalização do preto e branco, que é uma característica marcante”, salienta. Isadora frisa que a aprovação do trabalho é a possibilidade de outras pessoas conhecerem o trabalho.

O professor Alexsandro comenta que o incentivo aos alunos ocorre a partir do planejamento das atividades a serem desenvolvidas, visando direcionar algumas práticas ao ementário das categorias do Expocom. “Como o prêmio acaba sendo uma vitrine para apresentação do portfólio dos estudantes, isso instiga nossos acadêmicos na produção de produtos comunicacionais que possam se tornar referência. Estar entre os melhores trabalhos da área de comunicação, e ter esse reconhecimento a partir da avaliação de importantes profissionais da comunicação que integram o Intercom, legitima o esforço e dedicação que os estudantes e os professores da Unochapecó aplicam nas disciplinas dos seus respectivos cursos”, finaliza.

Para a apresentação, os finalistas devem gravar um vídeo de cinco a oito minutos, postá-lo no YouTube ou Vimeo e inserir o link em um campo específico que será criado no sistema da Intercom. Podem participar do vídeo o aluno-líder e os outros autores do trabalho devidamente inscritos no evento. Confira a lista com todos os aprovados da Unochapecó no fim da matéria.

 

Intercom Nacional 

Após a etapa regional, o 44º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação vai acontecer entre os dias 04 e 09 de outubro de 2021. O evento, organizado pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação - Intercom e pela Universidade Católica de Pernambuco - Unicap, será realizado novamente na modalidade virtual, em função da pandemia de Covid-19. No Congresso, são debatidos temas relacionados ao jornalismo, relações públicas, publicidade, rádio, televisão, cinema, produção editorial, conteúdo para mídias digitais e políticas públicas de Comunicação, entre outros. 

A temática deste ano é 'Comunicação e resistência: práticas de liberdade para a cidadania', que remete à Paulo Freire, justamente no ano do seu centenário de nascimento. De acordo com a Intercom, isto ajuda a pensar em como quebrar um ciclo reacionário político e ideológico extremista que ameaça um ideário civilizatório de reconhecimento de direitos e liberdade ao qual não cabe retrocessos.

Podem participar doutores (as), doutorandos (as), mestres, mestrandos (as) - [especialistas, estudantes de especialização e graduados (as) só podem submeter trabalhos em coautoria com doutores (as), doutorandos (as) e mestres], e estudantes de graduação e recém-graduados (graduados em 2020 ou no decorrer de 2021).

Para quem está interessado em se inscrever e quer saber qual Grupo de Pesquisa poderá apreciar e acolher o paper, é necessário consultar as palavras-chave e as ementas dos Grupos de Pesquisa. Os Grupos são divididos por grandes áreas (Divisões Temáticas). No Intercom Júnior, espaço destinado a acolher pesquisas elaboradas nos cursos de graduação em comunicação, em projetos de iniciação científica (PIBIC), laboratórios didáticos, trabalhos de campo ou oficinas experimentais, encaminhadas diretamente pelo aluno, os trabalhos serão apresentados em sessões correspondentes de acordo com as Áreas que agrupam os diversos campos comunicacionais na área científica da Intercom. Para melhor compreensão, é possível consultar as ementas dos IJs

O período de submissão dos trabalhos para os Grupos de Pesquisa (GPs) e Intercom Júnior (IJ) é de 01/06 a 12/08/2021, assim como para o envio de propostas para lançamento de livros (PUBLICOM).

 

Inscrições

As inscrições estão abertas no período de 01/06 a 09/10/2021. Os associados da Intercom com anuidade em dia até 05/07 são isentos e podem participar de todas as atividades, tendo direito à certificação, desde que devidamente inscritos. Após essa data, pagarão os valores específicos às suas categorias.

- Estudante de graduação e recém-graduados (2020-2021): De 01/06 a 05/07: R$60,00; De 06/07 a 09/08: R$75,00; De 10/08 a 09/10: R$100,00.

- Estudantes de Pós-Graduação: De 01/06 a 05/07: R$200,00; De 06/07 a 09/08: R$250,00; De 10/08 a 09/10: R$300,00.

- Professores, pesquisadores e profissionais da área: De 01/06 a 05/07: R$250,00; De 06/07 a 09/08: R$300,00; De 10/08 a 09/10: R$350,00.

 

Classificados da Unochapecó - Expocom

Roteiro de filme de ficção: Aplausos

Líder: Bruna Boita Meoti

 

Agência Escola/Júnior de Jornalismo: Prática jornalística na pandemia: a experiência da Acin Jornalismo 

Líder: Christopher Rodrigues Fustes Marin 

 

Projeto de Assessoria de Imprensa: Comunicação UNA LGBT Chapecó: Um projeto de comunicação social

Líder: Fernando Bortoluzzi

 

Jornal-laboratório: Jornal Passe a Folha

Líder: Ana Luíza Bergamini 

 

Produção laboratorial em Audiojornalismo e Radiojornalismo: Podcast Lentes

Líder: Angela Filicio Bueno

 

Produção laboratorial em Jornalismo Digital: Transexualidade: um debate além das genitálias

Líder: Alexsandra Zanesco

 

Documentário Jornalístico e Grande Reportagem em vídeo e televisão: Eu estou aqui

Líder: Ana Laura Baldo dos Santos

 

Ensaio fotográfico artístico: Anatomia: Ensaio Sobre a Interdependência

Líder: Isadora Rambo Martinelli

 

Comunicação e Inovação: Campeiras: movidas por uma mesma paixão 

Líder: Deise Vanessa Agnoletto

 

Blog: TCC Repórter: os bastidores dos trabalhos de conclusão de curso

Líder: Mirella Schuch

 

*Estagiária da Acin Jornalismo, sob supervisão de Eliane Taffarel

COMPARTILHE
TAGS
pesquisa
Jornalismo
Intercom
Expocom
audiovisual

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus