Webmail
Menu Busca

Estudantes da Unochapecó são premiados na Expocom 2019

Educação

Texto por Angela Bueno, Christopher Marin, Jaine Rodrigues e Mirella Schuch*

 

O Intercom Sul 2019, que ocorreu entre os dias 20 e 22 deste mês no Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter), na capital gaúcha, foi 'tri legal' e os estudantes de comunicação da Unochapecó voltaram com três premiações na Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom). 

O curso de Jornalismo conquistou dois prêmios. Na categoria 'Documentário Jornalístico e Grande Reportagem em Áudio e Rádio', o produto foi o radiodocumentário 'Golaço a favor do respeito: a luta das mulheres pelo empoderamento no jornalismo esportivo', das estudantes do 5º período, Alexsandra Zanesco e Isabel Cristina Picolli. Já na categoria 'Produção em Fotojornalismo (avulso/conjunto e série)', a egressa Ana Carolini Fragoso venceu o prêmio com o ensaio fotográfico 'Visibilidade Interior: um olhar do movimento LGBTI+ de Chapecó'. 

O aluno do 3º período de Produção Audiovisual, Guilherme da Silva Guimarães trouxe para o curso o prêmio na categoria 'Roteiro de ficção (avulso ou seriado)' com o produto intitulado 'Os 5 Números'. Os trabalhos premiados dos estudantes são as melhores produções do sul do país em suas categorias. 

 

Técnica e reflexão

Esta foi a 1ª vez que as meninas participaram do Expocom

O radiodocumentário 'Golaço a favor do respeito' trata sobre situações de assédio enfrentadas por mulheres que atuam no jornalismo esportivo, desde a redação até o estádio e enfatiza a luta das mulheres pelo empoderamento e igualdade de gênero.  

A estudante Isabel Cristina Picolli afirma que o produto quebra paradigmas e demonstra que os casos de machismo e preconceito não são isolados, mas ocorrem em todos os cantos do Brasil e do mundo. Ela ressalta que o prêmio é uma motivação para seguir debatendo temáticas que refletem a realidade, além da defesa da bandeira por mais respeito e igualdade. "Ter o trabalho reconhecido como o melhor do sul do país é a certeza de que nós estamos engajadas e dando voz a uma luta que não é individual, mas que é de todas nós mulheres. Temos o direito de ocupar um espaço que também nasceu para ser nosso e o gênero jamais irá definir o profissionalismo de alguém, seja ela uma jornalista esportiva ou qualquer outra profissional".

Alexsandra Zanesco diz que estar entre os cinco melhores é uma grande vitória e externa a expectativa para a etapa nacional. "Assédio é pauta há muito tempo e ver um documentário radiofônico sobre essa temática conquistar um prêmio tão importante como a Expocom, é inexplicável. O sentimento que prevalece neste momento é a gratidão. Representar a Unochapecó na Expocom Nacional é um grande desafio. Estamos ansiosas por este momento", destaca.

O orientador das estudantes, professor Luãn Chagas, fala da importância de vencer um prêmio na Expocom e o produto como resultado de um trabalho coletivo. "A produção do radiodocumentário por um lado tem um impacto interessante na produção coletiva, em que você tem um ambiente de apuração, coleta e pesquisa, que foi o que a Isabel e Alexsandra fizeram. Por outro, tem um impacto de pauta. Acima do formato, da estrutura e do que é a produção em si, tem uma discussão atual, a da mulher como protagonista dentro da cobertura esportiva", ressalta. 

O ensaio de Ana é resultado de um projeto experimental do curso 

O trabalho de conclusão de curso 'Visibilidade Interior' da egressa Ana Carolini Fragoso consiste em um ensaio fotográfico que retrata a realidade da comunidade LGBTI+ de Chapecó. Ao todo, são 20 fotos com texto-legenda registradas durante a 3ª Parada LGBT de Chapecó e Região, realizada em 2018 pela União Nacional LGBT da cidade. 

Para Ana, além da alegria de conquistar o prêmio, há também a satisfação de saber que o objetivo de fomentar discussões sobre a visibilidade da comunidade LGBTI+ de Chapecó foi atingido. “Sabíamos que nosso tema carregava uma grande responsabilidade social ao realizar o trabalho. Buscamos o maior conhecimento possível para que a exposição pudesse mostrar de uma forma respeitosa toda a necessidade de visibilidade da comunidade LGBTI+”, salienta. 

Segundo a coordenadora do curso de Jornalismo e orientadora do trabalho de Ana, professora Angélica Lüersen, o curso e os professores buscam instigar os alunos para que os trabalhos feitos sejam reflexivos e que o estudante possa trazer um trabalho diferencial para a vida pessoal e profissional, não para simplesmente alcançar o diploma. “O projeto de conclusão de curso da Ana tem este mérito. É um ensaio de qualidade que propõe discutir uma temática importante com bastante responsabilidade”, afirma. 

Angélica percebe que muitos dos trabalhos premiados na Expocom trazem discussões relevantes para o momento atual. "Eu acho que isso também é um indicativo importante para nós, principalmente no curso de Jornalismo, porque a gente não pode apenas dar conta de questões técnicas, mas também tem a questão da proposição de reflexão para um público". 

 

Ficção Audiovisual

O roteiro de ficção vencedor foi produzido em duas disciplinas do curso

'Os 5 Números', roteiro de ficção de Guilherme da Silva Guimarães, conta a história de Anton, um tatuador prisioneiro de um campo de concentração, que se apaixona por Rita. O campo de concentração é invadido e Rita morre nos braços de Anton, que sobrevive. Dali em diante, vive amargurado e se entrega a vícios para amenizar a perda. Guilherme diz ter ficado surpreso com o resultado e afirma que o prêmio o fez refletir de que não é preciso estar em um grande centro para desenvolver produções de qualidade. Ele demonstra felicidade em estar concorrendo na Expocom Nacional. "Tenho orgulho de levar o nome da Uno para o Intercom Nacional e poder mostrar para o Brasil o potencial que os acadêmicos e a região Oeste de Santa Catarina têm audiovisualmente", expressa. 

O orientador do estudante, professor Roberto Panarotto, acredita que o que se faz atualmente em relação ao ensino é orientar, apontar caminhos e tentar fazer com que o aluno perceba que tem capacidade para percorrê-los por seus próprios meios. Além disso, demonstra gratidão pelo reconhecimento do projeto no evento e salienta que as produções do curso são coletivas. "É lógico que o mérito principal é do aluno pela iniciativa, dedicação e criatividade. Mas é um pouco do professor orientador, no sentido de fazer valer o que se discute em sala, entendendo o que o aluno queria fazer, apostando em novas ideias, mas também do curso de Produção Audiovisual como um todo que tem uma equipe excelente de professores que se dedicam sempre com o intuito de fazer o melhor", expõe. 

De acordo com o coordenador do curso de Produção Audiovisual, professor Francesco Flavio da Silva, o prêmio comprova o resultado de um trabalho intenso feito pelos professores do curso e do mérito de Guilherme, que segundo o coordenador, dedicou-se e absorveu o conteúdo. "Isso também mostra que estamos no caminho certo em relação ao que está sendo desenvolvido no curso. É óbvio que sempre temos que buscar melhorar, mas ficamos satisfeitos  e esperamos que ano que vem tenhamos mais que o dobro de participantes no Intercom, podendo levar o nome do curso e da universidade para esses eventos e quem sabe continuar ganhando alguns prêmios", conclui. 

 

Intercom Sul 

O Intercom Júnior e a Expocom integram o Intercom Sul. Neles, são apresentados artigos científicos e produtos, respectivamente. Neste ano, 25 artigos científicos foram aprovados. Destes, dez do curso de Jornalismo e 15 de Publicidade e Propaganda. O congresso reuniu instituições de ensino superior do sul do país e teve como tema 'Fluxos Comunicacionais e Crise da Democracia'.

Os produtos premiados na Expocom regional irão competir com os trabalhos selecionados das outras regiões do país na etapa nacional. O evento será realizado na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém, no mês de setembro deste ano. Os artigos aprovados no Intercom Júnior serão publicados nos anais do Intercom Sul.

 

*Estagiários da Acin Jornalismo sob supervisão de Eliane Taffarel

COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Intercom sul
Expocom
Congressos
Comunicaçao

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus