Webmail
Menu Busca

Floresta Nacional completa 50 anos com programação especial na Unochapecó

Meio Ambiente

Para se contrapor a um período de desmatamento e maus cuidados com o meio ambiente, em 1968, foi criada a Floresta Nacional de Chapecó (Flona). Lugar de preservação ambiental e pesquisas, a Flona completa 50 anos na próxima quinta-feira (25/10). Para comemorar essa data, serão realizados dois dias de atividades (24 e 25/10), com conversas, debates e visitas. A iniciativa é do órgão, em parceria com a Unochapecó, por meio do Centro de Memória do Oeste de Santa Catarina (Ceom) e do Programa de Pós Graduação em Ciências Ambientais, além de outras instituições. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no link.

Para a coordenadora do Ceom, professora Mirian Carbonera, este é um momento importante de socialização das atividades desenvolvidas e das pesquisas que acontecem na unidade de conservação. "Com o tempo, a função da Floresta Nacional ganhou novos significados e hoje é uma referência de paisagem regional e importante espaço de pesquisa para estudantes da Unochapecó", comenta. Miriam destaca, ainda, que o Ceom guarda acervos que contextualizam a história ambiental da região e do contexto da criação da Flona, período esse, marcado por uma intensa exploração dos recursos florestais.

 

Programação

Nesta quarta-feira, das 13h30 às 18h acontece o seminário 'Conhecimento atual sobre a Floresta Nacional de Chapecó'. Na sequência, das 19h30 às 21h30, será realizada a mesa redonda: 'História e Rumos Futuros'. Ambos ocorrem no Plenário do Bloco R da Unochapecó. Já no dia 25 de outubro, a programação ocorre na Flona, com trilha e observação de aves a partir das 8h30 e observação do céu às 19h.

 

*Com informações do Ceom
COMPARTILHE
TAGS
Meio ambiente
História
Flona
Ceom
50 anos

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus