Webmail
Menu Busca

Fotodocumentário produzido por egresso de Jornalismo é premiado

Educação

Texto Valeria Romanzini Cenci*


Um Jornalismo mais humano, sensível e inclusivo pode ser realizado de várias maneiras. Entre elas, o fotojornalismo, que é um registro fotográfico de fatos de interesse público. O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), Retrato Caboclo, do egresso do curso de Jornalismo da Unochapecó, Darlei Luan Lottermann, é um trabalho que registrou a vida do caboclo na região Oeste de Santa Catarina e os espaços que eles ocupam.

O fotodocumentário Retrato Caboclo conquistou dois prêmios: o concurso fotográfico do Congresso Franco-brasileiro de Direitos fundamentais e igualdade de Curitiba/PR e a 19a edição do prêmio Adjori de Jornalismo, na categoria monografia, em Florianópolis.

Para a professora e orientadora do trabalho, Angélica Lüersen, os prêmios reforçam o olhar sobre os trabalhos da região, e principalmente no fotojornalismo, onde existe um potencial muito grande. "No caso do fotodocumentário, é de responsabilidade de quem vive nesse tempo documentar o que acontece, então basta que a gente olhe para essas temáticas e registre", afirma.

O jornalista Darlei Luan Lottermann, destaca que o trabalho aborda os direitos fundamentais e a igualdade, respeitando as diferenças. “A nossa sociedade é formada de seres diversos que merecem espaço e visibilidade. O caboclo, durante o processo de colonização teve grande parte de seus direitos negligenciados pelas empresas multinacionais que desapropriaram grande parte dessa população”, afirma. Darlei ressalta a conquista dos prêmios, que mostra a importância de dar visibilidade às culturas que estão ao nosso redor e precisam ser lembradas pela importância que tiveram em nossa história.

 

*Estagiária da Acin Jornalismo, sob orientação de Eliane Taffarel.
COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Jornalismo
Fotografia
cultura
Caboclos

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus