Webmail
Menu Busca

Jornada da Acea reúne mais de 400 acadêmicos durante semana de estudo

Inovação

Texto Ana Vertuoso*

 

Não importa se for uma roda de amigos ou uma organização multinacional, todo grupo tem um líder. Entre amigos, por exemplo, ele é quem organiza festas e introduz novos assuntos em uma conversa. Já no mercado de trabalho, o líder é responsável por conduzir e desafiar a equipe em busca de bons resultados. Na segunda-feira (27/05), os estudantes da Área de Ciências Exatas e Ambientais (Acea) tiveram a oportunidade de aprender mais sobre esse fator decisivo no mercado de trabalho com André Seidel. O engenheiro mecânico realizou uma palestra sobre a formação técnica da engenharia e os desafios de liderar pessoas, que marcou o início da 18ª Jornada de Estudos Ambientais e Novas Tecnologias da Acea, realizada entre os dias 27 de maio e 1 de junho.

Independente do curso ou do segmento, a liderança sempre será importante. Por isso, André acredita é importante discutir esse fator ainda na Universidade. "Liderar é um processo de influência. Quando você influencia alguém, está liderando. Então, sem dúvida, os acadêmicos vão enfrentar esses desafios durante a carreira, e muitas vezes, só se dão conta do tamanho do desafio que estão enfrentando quando estão de frente com ele. Por isso, a ideia de discutir o assunto é proporcionar reflexões e estimular a curiosidade sobre esse conteúdo".

Para os estudantes, muitas vezes os conteúdos apreendidos em sala de aula são muito técnicos, mas no mercado de trabalho o profissional se depara com uma realidade que exige outras competências. "O interessante de falar sobre liderança com essas turmas é que no ambiente profissional muitas vezes somos desafiados a conduzir equipes. Por isso acho da maior importância trazer esse debate para dentro da universidade", completa.

 

Integração

A Jornada deste ano teve a participação de 10 cursos da Área em mais de 70 atividades relacionadas à inovação, tecnologia e sustentabilidade. "O objetivo é reunir todos os cursos durante uma semana com uma única temática voltada ao desenvolvimento profissional dos acadêmicos", explica o diretor da Acea, professor Gustavo Colpani.

Durante a semana, os cursos de Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Medicina Veterinária e Sistemas de Informação participaram de palestras e oficinas ministradas por especialistas qualificados. "Nós buscamos trazer profissionais do mercado para que os nossos acadêmicos tenham contato com a realidade profissional e se envolvam com as diversas áreas que possam atuar", finaliza.

 

Desbravador Uno

Os vendedores do desafio foram os criadores do BeeBox

A última atividade da Jornada foi o Desbravador - Uno Startup, que reuniu equipes formadas por estudantes de todos os cursos participantes da Jornada. Após o processo de produção, que teve início na noite de sexta-feira (31/05) e terminou somente no sábado (01/06) a tarde, o projeto ganhador foi premiado com R$ 500 para colocar em prática a ideia. O 'Beebox foi desenvolvido pelos estudantes do curso de Agronomia, Ciência da Computação e Engenharia Mecânica, Juliano Menin, Luiz Felipe Brunetto, Rafael Angonese e Sávio Carvalho.

A ideia surgiu a partir da percepção acerca da redução populacional de abelhas em todo o mundo. "Estima-se que apenas nos últimos 6 meses ocorreram a morte de mais de 500 milhões de abelhas. Visto essa realidade, pensamos em como poderíamos contornar esse problema, e nisso surgiu a Beebox. Nosso projeto monitora, a partir de sensoriamento em tempo real, os principais fatores que levam ao decaimento populacional dos animais. Dessa forma, ele auxilia no controle populacional das abelhas, levando a um mundo mais sustentável", explica um dos criadores do projeto, Luiz Felipe Brunetto.

 

*Estagiária, sob supervisão de Gabriel Kreutz

COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Liderança
Jornada acea
Desbravador uno

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus