Webmail
Menu Busca

Maior movimento de empreendedorismo júnior do mundo na Unochapecó

Inovação

No sábado (23/11), a Unochapecó foi sede do 1º Encontro do Movimento Empresa Júnior (MEJ) no Oeste de Santa Catarina. O MEJ é o maior movimento de empreendedorismo júnior do mundo, formado por centenas de empresas. Durante o Encontro, foram realizadas apresentações das Empresas Juniores (EJs) da região, que inclui a Empresa de Engenharia CivilArquitetura e Urbanismo da Uno (Projete Júnior). Além disso, a programação contou com palestras de pós-juniores e momentos organizados para integração. 

Atualmente, o Brasil é o país que mais possui empresas juniores. Contudo, o movimento surgiu na França, na década de 1960. Em Santa Catarina, o MEJ iniciou em 1990 e atualmente conta com 52 empresas juniores (federadas) das mais diversas áreas espalhadas por todo Estado. Na ocasião, todas as oito Empresas Juniores do Oeste estiveram presentes. Quatro delas são vinculadas à Federação das Empresas Juniores do Estado de Santa Catarina (Fejesc) e as outras estão em busca da federação.

O movimento na região ainda é pouco conhecido, mas a previsão é de que o número de empresas juniores deve a aumentar nos próximos anos. Entre 2018 e 2019, três novas empresas ingressaram junto à Fejesc, sendo que até então apenas uma fazia parte desse cenário. 

Segundo a estudante do curso de Engenharia Civil e diretora de Recursos Humanos da Projete JR, Júlia Romani Grando, o 1º Encontro do MEJ no Oeste foi um marco para a região. "Senti que a força do MEJ no Oeste vem crescendo cada vez mais. Saber que as pessoas estão dispostas a continuar nessa luta é gratificante demais. O encontro superou muito minhas expectativas e agora todos juntos assumimos o compromisso de manter o fortalecimento e desenvolvimento do projeto em constante crescimento", comenta. 

 

Projete JR

A Empresa Júnior de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo da Unochapecó presta serviço à comunidade, gera conhecimento e representa o esforço dos estudantes para se tornarem bons profissionais. A empresa, que surgiu em 2016, já faz parte da (Fejesc) e é um espaço de aprendizado para os acadêmicos dos dois cursos. Todos trabalham de forma voluntária e desenvolvem projetos para a comunidade com um preço mais acessível se comparado ao mercado.

 

*Com informações de Júlia Romani Grando

COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Mej
Junior
Ej

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus