Webmail
Menu Busca

Profissional preparado para atender de forma humanizada e segura

Profissão

Texto Ícaro Colella*

 

Muitos profissionais têm conseguido realizar suas atividades em casa neste momento em que, quanto menos sairmos, melhor. Mas em alguns casos, isso não é possível. “A odontologia é uma profissão que não tem como parar, porque as pessoas têm dores, tem suas necessidades, e nós dentistas, estamos aqui para ajudar”. A afirmação é do egresso da Unochapecó, Vinícios Winck de Souza, formado em 2015. Ele é um dos mais de 350 profissionais formados pelo curso de Odontologia da Uno, e que recorre aos aprendizados adquiridos durante a graduação para se proteger e deixar seguro quem precisa de atendimento. 

Vinícios é sócio-proprietário da clínica Oral Unic, localizada em Gravataí, no Rio Grande do Sul. Seu consultório foi aberto em 2019, pela necessidade de um atendimento mais humanizado e completo.

“Nosso trabalho é muito manual e em contato com o paciente. Então, os profissionais de Odontologia estão entre os que mais têm riscos de contaminação, não só pela Covid-19, mas por outros vírus. Neste momento, os cuidados tiveram que ser redobrados no sentido de proteção dos profissionais e também dos pacientes”.

Vinícios Winck de Souza é egresso do curso de Odontologia da Uno 

O curso de Odontologia da Unochapecó, ao longo de sua trajetória de 20 anos, sempre buscou preparar os estudantes para as mais diversas situações, assim como deu todas as ferramentas práticas e teóricas para Vinícios. O dentista teve a oportunidade de aprender como lidar com o público, já que estagiou na Clínica Escola da Universidade, lugar que aproxima o estudante com a realidade do mercado de trabalho.“O curso de Odontologia da Unochapecó se torna uma referência não só na parte teórica, mas também na parte humana, onde sempre os professores priorizaram esse tipo de atendimento. Os profissionais que se formam na Uno se tornam mais humanos para tratar da melhor forma os pacientes”, comenta o coordenador do curso, professor Diogo Alexander de Oliveira.

Essa realidade de formação permeia algumas das características exigidas de um profissional nos dias atuais, como a capacidade de resolver problemas complexos e de adaptar-se diante de mudanças. No cenário atual de pandemia, o curso de Odontologia da Uno pensou em preparar os estudantes para enfrentar, da melhor maneira possível, esta doença. “O tema ‘Os impactos da Covid-19 na prática odontológica’ foi debatido, inclusive, durante uma aula integrada, realizada de forma remota. Na atividade, todos os estudantes do curso puderam aprender um pouco mais sobre o assunto e elaborar estratégias de enfrentamento à pandemia junto com os professores, objetivando aliviar a ansiedade, conversando sobre como lidar com essa situação”, ressalta Diogo.

 

Formação completa

Devido ao alto risco de contaminação, a atuação do dentista deve ocorrer de forma muito mais cautelosa agora. Como a maioria dos procedimentos odontológicos gera aerossol, disseminando partículas que podem conter o vírus pelo ar, inúmeras medidas adicionais precisam ser adotadas. Além dos equipamentos de proteção individual (EPIs) que habitualmente são utilizados pelos dentistas (jaleco, gorro, óculos de proteção, máscara cirúrgica, luvas), outros precisaram ser incorporados, como as máscaras N95 ou PFF2 (sob a máscara cirúrgica), máscara face shield (protetor facial) e jaleco impermeável. O coordenador frisa que, preferencialmente, devem ser realizados os atendimentos mais urgentes e adiando-se os eletivos.

“Também é recomendado que a sala clínica seja bem arejada e que se deixe um intervalo maior entre os pacientes, evitando aglomerações e permitindo que a higienização de todas as áreas possa ocorrer de forma eficaz”.

Rafaela é egressa formada na turma de 2018

Esses procedimentos que são elencados em sala de aula fazem parte da rotina de Rafaela Lasta, formada em 2018. Atualmente ela é funcionária pública e autônoma, trabalha como cirurgiã-dentista no posto de saúde de Guaraciaba e no seu consultório particular em Descanso. Ela relata que o curso de Odontologia foi fundamental para aprender a lidar com esse momento de pandemia, já que nas aulas é ensinado sobre a utilização de equipamentos de proteção individual e a importância de evitar infecção cruzada em todos os procedimentos odontológicos. Independente da existência de pandemia, a utilização de EPIs, limpeza constante de bancadas e do consultório, são hábitos cotidianos, ensinados na Universidade.

Rafaela conta que está atendendo no posto de saúde apenas casos de urgências odontológicas (dor aguda), e, no consultório particular, os atendimentos são agendados com espaçamento maior entre um paciente e outro. São evitados procedimentos que geram muito aerossóis, como as limpezas, a fim de diminuir aglomerações desnecessárias e a proliferação do vírus.

“Sempre utilizamos EPIs e cuidamos com a limpeza das bancadas e do ambiente, porém o cuidado foi redobrado e acrescentamos a utilização de alguns outros objetos”, relata.  

 

Diferenciais do curso

A infraestrutura oferecida pela Instituição e o corpo docente formado por professores doutores, mestres e especialistas torna o curso de Odontologia da Uno de excelência na região. Além disso, a maioria dos docentes atuam também em suas clínicas e consultórios privados, aliando o conhecimento teórico à prática profissional. Durante a graduação, os acadêmicos podem realizar os estágios obrigatórios na Clínica Escola de Odontologia da Unochapecó, nas unidades básicas de saúde do município, no Banco de Dentes Humanos da Universidade ou em consultórios e clínicas de profissionais renomados, por meio de convênios firmados. 

O contato com prática traz para os estudante a realidade do mercado

O estudante ainda pode realizar inúmeras atividades extra-curriculares, participando de eventos, palestras, oficinas realizadas pelo curso, ligas acadêmicas, monitorias, grupos de pesquisa, projetos de extensão e mobilidade acadêmica. O curso possui laboratórios muito bem equipados para que haja a prática desde o primeiro período. Dentre os principais estão o Laboratório de Imaginologia e o Multidisciplinar. Também possui duas clínicas odontológicas, cada uma com capacidade para 50 estudantes, e um bloco cirúrgico que conta com sistema de transmissão de vídeo em tempo real.

O curso de Odontologia é um dos oito com inscrições abertas no Seletivo Uno. Quer saber mais sobre o curso? Confira o e-book!

 

*Estagiário sob supervisão de Jessica De Marco

COMPARTILHE
TAGS
Unpchapeco
Seletivo
Preparo
Odontologia
Dentista

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus
Pós-Graduação UNOCHAPECÓ
Chame no Whatsapp