Webmail
Menu Busca

Uno Fashion Day ressignifica a relação da moda com o meio ambiente

Educação

Texto Ana Vertuoso*

 

Um desfile diferente, pensado para fazer o público refletir sobre o papel da moda além das tendências, estampas e modelagens. O Uno Fashion Day deste ano irá reverberar valores sociais, culturais e ambientais em uma coleção colaborativa, exibida na próxima quarta-feira (11/12), a partir das 20h, no Salão Nobre da Universidade.

A coleção 'Reverberar', criada pelos acadêmicos do último período de Moda, mistura técnicas de customização, reutilização de resíduos têxteis e upcycling, um processo em que peças antigas são utilizadas para criar algo novo. Tudo, para discutir o que podemos mudar em nossa sociedade. "Esse é um desfile em que vamos rever as conexões humanas com os materiais, com a agricultura e com aquilo que consumimos. Por isso, para a produção, não compramos muitos materiais, a maioria foi doação de empresas para ressignificar aquele tecido", explica a estudante Millena Morgueroth.


Um dos primeiros passos no processo criativo foi a busca de referências

Como uma das novidades desta edição é a produção colaborativa, Millena e outros 12 colegas foram divididos em quatro grupos. Cada um ficou responsável pela produção de uma coleção cápsula, composta por cinco looks. A ideia é que cada integrante criasse um look, mas todos ajudassem a construir a ideia, costurar e buscar os materiais para os demais. Além disso, cada cápsula representa uma fase temática.

A primeira, trata da relação que temos com a natureza. Com elementos naturais e cores terrosas, o grupo irá valorizar as pessoas que trabalham no campo. Já a segunda tem como foco a ressignificação de materiais e peças já existes. A terceira aborda os direitos humanos e a moda inclusiva, enquanto a quarta é sobre as conexões humanas e a preocupação das futuras gerações com o meio ambiente. 

De acordo com a professora Rachel de Quadros, responsável pela elaboração do direcionamento criativo do desfile, as coleções foram planejadas, desenvolvidas e criadas nesse formato para reforçar a importância de mudar a forma de fazer a moda.

"Pensando em um novo modelo que priorize o coletivo e colaborativo, nós buscamos novos espaços e narrativas que ecoam o desejo de valorizar aquilo que é genuíno e de coração. Acreditamos que fazer moda é abraçar ideias que anseiam por mudanças conscientes, humanizadas e carregadas de sentimento".

Neste ano, a entrada será em troca de 1kg de alimento não perecível ou um brinquedo em bom estado, que serão doados para uma instituição social.

 

*Estagiária sob supervisão de Gabriel Kreutz

COMPARTILHE
TAGS
Uno fashion day
Reverberar
Moda

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus