Webmail
Menu Busca

Ceom recebe prêmio estadual para conservação do acervo

Cultura

Em tempos de velocidade da informação e comunicação instantânea, muitas vezes percebemos que nossa memória não é suficiente para guardar tudo o que temos acesso. Se pensarmos em um período de 100 anos, a situação fica ainda mais complicada e muitas informações são perdidas. Desde 1986, o Centro de Memória do Oeste de Santa Catarina (Ceom) da Unochapecó desenvolve ações com o objetivo de preservar os conhecimentos sobre o passado da região e difundi-los para as gerações atuais e futuras. Trata-se de um trabalho especializado e contínuo, com diferentes tipos de materiais sobre épocas distintas.

Neste ano, o Centro vai desenvolver uma série de atividades voltadas à preservação do acervo e sua comunicação, por meio do projeto 'Patrimônio material documental e arqueológico do Oeste catarinense: restauro e conservação do acervo do Ceom/Unochapecó', que foi contemplado pelo Prêmio Catarinense de Patrimônio Cultural, do 'Edital Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura', promovido pela Fundação Catarinense de Cultura.

A coordenadora do Ceom e responsável pela proposta, professora Mirian Carbonera, considera a aprovação do projeto um importante reconhecimento do trabalho desenvolvido por mais de três décadas. “Neste período o Ceom foi reunindo um acervo muito importante para estudar a história da região, que dá subsídio para muitas pesquisas. O projeto vai custear várias ações para proporcionar maior durabilidade ao acervo e contribuir para que a população tenha acesso a ele”. 

Para tornar a história, o patrimônio cultural da região e os acervos salvaguardados pelo Ceom mais conhecidos, serão produzidos materiais impressos e uma exposição itinerante, ambos voltados para a região Oeste de Santa Catarina. Como forma de envolver a comunidade, o material didático, que será um dos resultados do projeto, será produzido em parceria com o professor Gerson Witte e os alunos do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus Chapecó, assim como a exposição itinerante contará com a participação do Museu Almiro Theobaldo Müller, de Itapiranga.

 

*Com informações do Ceom 

COMPARTILHE
TAGS
cultura
Ceom
Centro de memoria do oeste catarinense
Centro de memoria

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus
Pós-Graduação UNOCHAPECÓ
Chame no Whatsapp