Webmail
Menu Busca

Preparem-se para mudar o mundo

Educação

Texto Ana Vertuoso e Ícaro Colella*

 

A cada novo ano, surge a oportunidade de fazer algo diferente. Uma mudança de hábito, um empreendimento, ou até mesmo um curso de graduação. Nesta segunda-feira (17/02), a Unochapecó ganha vida mais uma vez com a volta às aulas. Os corredores estão cheios de pessoas em busca do conhecimento. Para alguns, isso é apenas um retorno à rotina, mas para outros, é o primeiro passo de uma nova jornada. Esse é o momento dos calouros conhecerem seus professores, salas de aulas, laboratórios e, também, as pessoas que irão fazer parte do seu futuro. 

Porém, a Uno oferece muito mais do que eles vão encontrar no primeiro dia de aula. São diversas oportunidades que permitem aos acadêmicos construírem conhecimento de forma prática e implementarem ideias de sucesso. A egressa do curso de Engenharia de Alimentos e hoje professora da Universidade, Caroline Dallacorte, é um bom exemplo de como a Unochapecó pode transformar a vida dos estudantes. Além da graduação, ela também escolheu a Uno para dar início a sua empresa, realizar seu mestrado e, atualmente, doutorado. Ela acreditou que, dentro da Universidade, era possível mudar o mundo.

Há onze anos, quando chegou na Instituição pela primeira vez, a expectativa de começar algo novo, como muitos sentem hoje, logo deu espaço à segurança de saber que estava no lugar certo. "No primeiro dia foi aquela surpresa, era um ambiente diferente. Quando o aluno está na escola, está acostumado a levantar a mão para ir ao banheiro, mas aqui tudo mudava, a estrutura, a sala de aula". 

Ao longo dos cinco anos de curso, Carol, como é conhecida, realizou três pesquisas de iniciação científica, um intercâmbio para a Espanha e estágios. De acordo com ela, as primeiras aulas práticas em um dos 134 laboratórios da Instituição marcaram o começo dessa trajetória. "A infraestrutura de laboratórios é algo que me chamou bastante atenção. Então, quando eu tinha aula prática, era algo que me entusiasmava muito. Hoje como professora, eu tento fazer sempre isso com os alunos, por perceber a importância de ter uma prática, de poder simular, por exemplo, a produção de um alimento no Laboratório de Tecnologias de Alimentos".

Na Unochapecó, os caminhos para o crescimento profissional não se limitam ao que está visível no campus da Instituição, eles podem se expandir pelo mundo. Por meio de uma das mais de 30 parcerias que a Uno tem com universidades do exterior, Carol estudou por seis meses na Universitat Rovira i Virgili, na Espanha. "Foi uma experiência que mudou totalmente a minha vida. Isso agregou muito no meu currículo porque, além de cursar as disciplinas lá, que pude validar no curso, eu participei como voluntária de um projeto com um doutorando da Etiópia e foi ali que comecei a entender um pouco mais sobre mestrado, doutorado. Voltando para cá, consegui um estágio e tenho certeza que o intercâmbio foi um divisor de águas para que eu conseguisse isso tão rapidamente".

Assim como ela, outros tantos acadêmicos veem na Uno a chance de transformar a realidade ao seu redor. Ao longo de seus 50 anos de história, a Unochapecó já formou mais de 36 mil profissionais e sempre teve o empreendedorismo e a inovação como pilares essenciais. Com isso, já abriu portas para a criação de diversos projetos que contribuem para o desenvolvimento da região, como é o caso da PackID, empresa incubada pela Incubadora Tecnológica da Universidade (Inctech). Hoje, o que era apenas uma ideia de Caroline, conta com dois sócios e se tornou uma das maiores startups de monitoramento de produtos do país, reconhecida com diversos prêmios de aceleração, o mais recente no valor de R$ 1 milhão. 

Cada vez mais, quem entra na Instituição tem acesso a lugares e ferramentas que mostram o diferencial de ser parte de uma Universidade Comunitária e nota máxima no Ministério da Educação (MEC). Aqui, os estudantes têm a sua disposição a maior biblioteca da região Oeste, espaços de convivência e professores capacitados que os ajudam a trilhar todos os momentos de sua trajetória acadêmica. "Acredito que, além de proporcionar o nosso aperfeiçoamento pessoal e profissional, a Instituição consegue também, com as suas ações, auxiliar no desenvolvimento da região, sempre estando aberta a parcerias e oportunidades que gerem impacto na comunidade", finaliza.

 

*Estagiários sob supervisão de Jessica De Marco

COMPARTILHE
TAGS
Volta as aulas
Unochapeco
Nota maxima
Boas vindas

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus