Webmail
Menu Busca

Atendimentos a crianças com lábio fissurado iniciam em fevereiro na Unochapecó

Inovação

Texto Jessica De Marco*

 

A partir de fevereiro de 2020, a Unochapecó, por meio da Clínica Integrada de Saúde, atenderá crianças com lábio fissurado. Serão cerca de 30 pacientes por mês, de toda a região, que receberão o atendimento na Universidade. Com isso, haverá uma redução no deslocamento das crianças para Joinville, que é o centro especializado para esses casos. A entrega oficial deste novo serviço, que beneficiará toda a comunidade, aconteceu na noite de ontem (05/12), no Salão Nobre da Instituição.

As tratativas para dar início aos trabalhos começaram ainda em 2018, quando o Parque Científico e Tecnológico Chapecó@ e demais entidades criaram o Hub Saúde Oeste Chapecó@. O grupo de inovação e tecnologia busca, de forma integrada e colaborativa, soluções para a área da saúde. Desde o ano passado, alguns projetos foram desenvolvidos, entre eles, em conjunto com o Clube Shriners de Santa Catarina, o Centrinho, e a Clínica Integrada da Unochapecó, iniciou-se um movimento para trazer à cidade o atendimento odontológico básico às crianças com lábio fissurado de toda região.

Além da entrega oficial, os profissionais do Centrinho estiveram na Unochapecó na quinta e na sexta-feira (06/12) para validar os protocolos de atendimento desenvolvidos em Joinville. Também participaram de rodas de conversa e palestras sobre os mais variados assuntos relacionados aos pacientes com lábio leporino.

"A Unochapecó vai adquirir experiência para, quem sabe futuramente, ser uma referência na região Oeste na reabilitação a pacientes com fissuras labiopalatina", comenta José Carlos Coélli, dentista ortodontista do Centrinho. "Atualmente, realizamos cerca de 600 atendimentos por mês, de pacientes oriundos de todo o Estado".

Os Shriners também estiveram representados na ocasião. Marcelo Dodson explica que a organização atua no tratamento de crianças das mais diversas especialidades. Em Chapecó, eles exerceram um papel intermediador para a oferta deste mais novo serviço. "Os Shriners entraram em contato com todas as entidades, colocou todo mundo na mesa e mostrou o cenário, ou seja, o problema. Dessa problemática é que as partes interessadas da região debateram em conjunto e propuseram a solução, que é justamente o que está sendo entregue na noite de hoje para a comunidade", complementa.

Funcionamento

Os pacientes atendidos na Unochapecó serão encaminhados pelo Centrinho. Na Universidade, eles realizarão diversos atendimentos primários, como restaurações, radiografias, diagnósticos bucais, orientação em higiene bucal, entre outros procedimentos. "Essa parceria é importante porque vai amenizar e diminuir os deslocamentos até o Centrinho de Joinville para atendimentos básicos dos cuidados de higiene bucal. Isso reduz o tempo de espera nos procedimentos cirúrgicos", acrescenta o assessor da Clínica Integrada de Saúde da Unochapecó, professor Omeri Dedonatto.

Para a vice-reitora e pró-reitora de Graduação da Universidade, professora Silvana Muraro Wildner, está no DNA da Unochapecó, enquanto uma instituição comunitária, participar ativamente da vida das pessoas. "Nossa missão fala em produzir e difundir conhecimento, contribuindo com o desenvolvimento regional sustentável e a formação profissional cidadã. Entendo esse projeto cumprindo claramente com isso", finaliza.

 

*Jornalista do Núcleo de Produção de Conteúdo (NPC) - Unochapecó

COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Universidade
Odontologia
Labio fissurado
Centrinho

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus