Webmail
Menu Busca

Estudantes da Uno podem realizar intercâmbio gratuitamente sem sair de casa

Educação

Texto Ionara Virmes*

 

Mestranda do segundo período em Ciências Ambientais, Manuelle Osmarin teve a oportunidade de fazer dois componentes curriculares na Universidad de Ciencias Aplicadas y Ambientales (UDCA), localizada em Bogotá na Colômbia. Mas esse não foi um intercâmbio comum. Ele foi realizado sem que a mestranda precisasse sair de casa. Essa categoria de mobilidade acadêmica, que torna mais acessível o contato com professores e estudantes de outros países, só foi possível devido às relações, mantidas pela Unochapecó, com algumas universidades internacionais. Estas parcerias, estão mais próximas desde o segundo semestre de 2021, quando a Instituição tornou-se membro da Organização Universitária Interamericana (OUI).

A OUI está presente em 28 países, com mais de 350 membros, e oferece aos estudantes a oportunidade de cursar disciplinas e participar de eventos em instituições internacionais, de maneira remota. Assim, os acadêmicos da Uno podem cursar componentes gratuitos em diferentes áreas do conhecimento por meio do Espaço de Mobilidade Virtual no Ensino Superior (eMOVIES) e a Universidade pode receber, da mesma forma, estudantes estrangeiros.

Em sua experiência, Manuelle cursou a disciplina de 'Pensamiento Ambiental y Sistemas Complejos', e neste semestre deu início ao componente 'Cátedra Ambiental', uma disciplina obrigatória para todos os estudantes da UDCA, que traz reflexões e conceitos ambientais. Durante a mobilidade, ela pôde conhecer melhor os colegas de classe da Colômbia, os quais mantém contato diariamente. 

"Os aprendizados mais importantes da movilidad foram sobre a preocupação que a UDCA tem com as questões ambientais, trazendo-as em todas as disciplinas trabalhadas. A principal dificuldade foi em relação ao idioma e a rapidez com que os colombianos falam, mas isso era facilmente resolvido com um pedido nosso, aqui do Brasil, para repetir e a dificuldade se tornou uma experiência muito divertida", conta.

 

Saiba como participar

Cada universidade membro da OUI tem processos diferentes de inscrição. Assim, o estudante precisa acessar a plataforma eMOVIES, seguir as informações que serão solicitadas e enviar os documentos necessários. A seleção é feita pela instituição de destino de acordo com o número de vagas disponíveis e se o estudante atende aos requisitos, por meio de avaliações de desempenho acadêmico. Além dos componentes oferecidos serem gratuitos, poderão ser reaproveitados na matriz curricular ou como Atividades Curriculares Complementares (ACCs). Para isso, a coordenação do curso deverá estar ciente da matéria que será realizada para posterior validação.

De acordo com a assessora da Assessoria de Relações Nacionais e Internacionais da Unochapecó (Arni), professora Rosane Silveira, a OUI permitirá à Universidade inúmeras iniciativas ligadas à cooperação internacional.

"A OUI – IOHE é uma rede acadêmica, criada em 1980 e que livre das fronteiras das Américas, busca superar as desigualdades sociais e contribuir para a construção da sociedade do conhecimento. A expectativa é que o estudante desenvolva habilidades e competências globais por meio do estudo em instituições internacionais, e da mesma forma quando recebe estudantes estrangeiros em sua turma. Essas experiências permitem ainda que o estudante desenvolva sensibilidade à pluralidade sociocultural”, finaliza. 

Ficou interessado e gostaria de conhecer mais sobre as ofertas de intercâmbio oferecidas pela Uno? Entre em contato com a Arni pelo e-mail arni@unochapeco.edu.br.

 

*Estagiária sob supervisão de Gabriel Kreutz

COMPARTILHE
TAGS
Mobilidade
Intercambio
Experiencias
Educacao
cultura

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus