Webmail
Menu Busca

Filósofo norte-americano palestra sobre tecnologia e pós-fenomenologia

Cultura

Apesar da pequena disseminação do seu trabalho na América Latina, Don Ihde é um dos maiores filósofos vivos da contemporaneidade, especialmente nos EUA. Seus estudos são voltados à filosofia da tecnologia e à pós-fenomenologia. Para Ihde, é através da tecnologia que nós construímos nossa realidade. A palestra do filósofo, que vem ao Brasil pela primeira vez, será ministrada nesta quarta-feira (22), a partir das 18h30 no Salão de Atos da Unochapecó.

Ihde foi o primeiro a constituir uma filosofia da tecnologia e aprofundou os estudos sobre a incorporação do homem à tecnologia. Como explica o assessor especial do Reitor para Assuntos Internacionais e professor de Filosofia da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Maurício Fernando Bozatski, que articulou a vinda do filósofo, para Ihde não há um embate entre tecnologia e homem. O norte-americano entende a tecnologia como o centro da reflexão filosófica.

Segundo Maurício, que está traduzindo para o português os livros do filósofo, o pensamento de Ihde analisa a capacidade da tecnologia em reorganizar as percepções do homem, ao se referir ao microscópio e telescópio, e as tecnologias da imagem, tevê e computador. "Nunca houve, em nenhum período histórico, um humano que deixou de usar a tecnologia, o que nos define é isso. A diferença entre nós e os demais animais é a complexidade maior de abstração que nos permite produzir tecnologias e, assim, nos oferece uma visão muito maior sobre a natureza. Nós somos nossos instrumentos", comenta Maurício ao explicar as ideias de Ihde.

A vinda do filósofo é uma parceria criada entre a Unochapecó, a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR). 

COMPARTILHE
TAGS
Tecnologia
Pós-fenomenologia
palestra
Filósofo
Filosofia
Don ihde

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus