Webmail
Menu Busca

Mulheres tem programação especial na Unochapecó

Saúde

Texto Vanessa Marquezzan*


Neste mês, a Unochapecó ganhou uma decoração especial, com laços cor de rosa espalhados por vários espaços. Eles representam que a Universidade está em clima de Outubro Rosa, momento das mulheres pararem para se cuidar em relação ao câncer de mama e colo de útero. Por isso, funcionários de todas as idades se reuniram na Instituição para conversar sobre as doenças e as formas de prevenção.

As ações foram organizadas pelo Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt), pelo Programa de Qualidade de Vida no Trabalho (Unovital), pela Diretoria de Desenvolvimento Humano (DDH) e pelos cursos de Enfermagem e Medicina da Unochapecó.

Foram três momentos destinados à saúde da mulher. O primeiro aconteceu no dia 8, com a realização de uma roda de conversa sobre câncer de mama. Participaram duas funcionárias que já tiveram a doença, o médico mastologista Marcelo Moreno e a psicóloga Raquel Buss. Na oportunidade, aconteceu um bate-papo com o público, para falar sobre a prevenção e o tratamento da doença. Um espaço destinado para tirar dúvidas e relatar experiências.

meditaçãoA conversa, de acordo com Marcelo, é mais um momento de reflexão sobre a prevenção e o autocuidado, a importância do autoexame, de ir ao médico e da realização de mamografia a partir dos 40 anos. "Porque é uma maneira de, caso acontecer a doença, ter o diagnóstico precoce e com possibilidade de cura. Além disso, a prevenção primária está relacionada à qualidade de vida da mulher", explica.

As atividades, para a enfermeira do Sesmt, Fabiana Carla Dalla Costa, buscam conscientizar e prevenir as mulheres sobre o câncer de mama. "Isso é importante para diminuir o número de casos da doença e, consequentemente, o número de mortes", ressalta. A enfermeira comenta, ainda, que as mulheres precisam realizar o autoexame das mamas, de sete a dez dias após o início da menstruação.

rafael

Outra ação, realizada no dia 10 de outubro, teve o objetivo de promover um momento de reflexão. Por meio da meditação com harmonização energética, a terapeuta Kaline Battisti desafiou as mulheres a pararem a correria do dia a dia para sentar, se ouvir e se perceber. "Uma forma de ouvir o nosso corpo, o nosso interior. Devido a essa correria a gente acaba não fazendo isso, e hoje é um momento de parar. As mulheres perceberam que, com alguns minutinhos por dia ou por semana, nós já conseguimos centrar corpo e mente, para melhorar o nosso bem-estar", comenta.  

 

Incentivo

Na tarde de quarta-feira (17/10), os cursos de Enfermagem e Medicina da Unochapecó promoveram a palestra 'Câncer de mama: prevenção e cuidado', com a ginecologista Estela Regina Eidt, que tratou sobre a promoção da saúde. Na sequência, foi realizada a conversa sobre 'Atividade física e saúde da mulher', com o professor do curso de Educação Física da Unochapecó, Clodoaldo Antônio de Sá. Para finalizar, o jornalista Rafael Henzel falou sobre o tema 'Viva como se estivesse de partida'.

grupoAs atividades fazem parte da campanha 'Outubro Rosa Unochapecó: prevenção é o melhor caminho', desenvolvida pelos cursos. A iniciativa, também, instigou os estudantes a produzirem um vídeo relacionado ao tema e arrecadar mechas de cabelo para doação. De acordo com a professora do curso de Enfermagem, Jucimar Frigo, a atividade teve o intuito de sensibilizar a comunidade acadêmica para a importância do tema. "Sabemos que o câncer de mama e de colo do útero são os que mais afetam e causam a morte das mulheres no Brasil e no mundo".

Ainda, durante as atividades de quarta-feira, foram conhecidos os ganhadores da campanha, que receberam premiação em dinheiro, e foi realizada a entrega das mechas de cabelo ao grupo de mulheres mastectomizadas do Programa Viver Melhor (Provim).

 

*Estagiária, sob a supervisão de Jessica De Marco
COMPARTILHE
TAGS
Prevencao
Outubro rosa
Cancer de mama
Cancer de colo de utero

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus