Webmail
Menu Busca

O invisível retratado na nova exposição da Galeria de Artes Agostinho Duarte

Cultura

Texto Ionara Virmes*

 

A pandemia causada pela Covid-19 afetou diretamente a vida de milhões de pessoas ao redor do mundo, seja no aspecto econômico ou mental. Entre muitos, os artistas foram fortemente impactados, mas também enalteceu o papel fundamental desses profissionais para a sociedade. O resultado da arte influenciada pela pandemia, a Galeria de Artes Agostinho Duarte apresenta a exposição 'Dores Híbridas', idealizada pela artista Ketlin Tibes.

A exposição, que abordará a pandemia sobre as estruturas mentais, acontecerá na terça-feira (21/09). Contando com cinco séries de três fotos, Ketlin utilizou de vivências com a ansiedade e depressão e representou seus sintomas com diversos materiais, como linhas, tintas, plástico, água, tecido e terra. Buscando retratar o invisível, cada obra apresenta uma situação física e mental divergente, que as pessoas com tais transtornos sofrem diariamente.

Utilizando seu corpo como matéria artística, a autora apresenta linguagens contemporâneas, a performance e a fotoperformance. As quais trazem produções com câmeras e fotógrafos diferentes, sendo eles Ana Maria Duarte, Thalik Rabi Bussacro e Giselle Tibes.

"De maneira que as obras mostram uma pessoa real sofrendo com transtornos mentais, busco que o telespectador se identifique e sinta que não está sozinho, e o público que não faz parte desse grupo desperte um olhar empático e busque entender e ajudar o outro. A escolha de trabalhar com fotoperformance e vídeo performance é por conta da aproximação e auto identificação que estas transmitem ao público" relata Ketlin.

Com curadoria da professora Sonia Monego, a exposição acontecerá de maneira online, às 19h, no Instagram da galeria e trará um debate sobre as obras enquanto, simultaneamente, elas serão expostas no feed.

 

*Estagiária, sob supervisão de Gabriel Kreutz

COMPARTILHE
TAGS
Transtornos
Performance
Galeria de arte
Fotografia
Exposição
Arte

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus