Webmail
Menu Busca

Representantes da Altissia conversam com comunidade acadêmica

Educação

Texto Gabriel Kreutz*


Com o mundo cada vez mais globalizado, saber um segundo idioma se torna um pré-requisito para todos os profissionais se destacarem no mercado de trabalho. Na Unochapecó, estudantes, professores e técnicos administrativos têm a oportunidade de se aperfeiçoar e aprender até sete idiomas, de forma gratuita, através da plataforma Altissia. Representantes da empresa, que tem sede na Bélgica e está presente em diversos países, estiveram na Unochapecó nesta semana, para tirar dúvidas e saber como é a percepção da comunidade acadêmica em relação ao programa.

Conversas ocorreram para tirar dúvidas em relação ao projeto

"A Altissia tem projetos globais no mundo todo, mas no Brasil, a Unochapecó é a primeira Universidade a participar. Para mim é muito importante estar aqui, acompanhar este momento e conhecer as pessoas. É uma forma de entender melhor quem é a Instituição", conta a gerente geral de Desenvolvimento de Projetos da Altissia na Bélgica, Mélanie Lucas. Além dela, a gerente de Projetos da empresa no Brasil, Sheila Kiss, também esteve na Uno.

Ela complementa que saber um segundo idioma pode transformar a realidade de quem está aprendendo. "Fico muito feliz em ter a possibilidade de democratizar esse acesso para todo mundo.Tudo passa pela aprendizagem de um idioma. Se a pessoa deseja expandir sua vida pessoal, acadêmica ou profissional, precisa aprender um novo idioma", conclui Mélanie.

 

Diferencial

A Altissia é um subprojeto do Projeto Qualidade Acadêmica, da Pró-Reitoria de Graduação, e está relacionado com a internacionalização. Junto nessa equipe está, também, a Assessoria de Relações Nacionais e Internacionais (Arni) e o Laboratório de Línguas (Lablin) da Universidade. De acordo com o coordenador institucional do projeto e diretor da Área de Ciências Humanas e Jurídicas (ACHJ), professor Gláucio Wandre Vicentin, este é um diferencial que está sendo oferecido para a comunidade acadêmica.

"É um projeto abrangente, pois todos os nossos estudantes, professores e técnicos administrativos têm a oportunidade de cursar até sete idiomas, dependendo de sua disponibilidade e organização pessoal", explica.

Além de todas as vantagens que aprender um novo idioma proporciona, os participantes também têm benefícios que podem ser aproveitados na Universidade. "Para nossos estudantes, há um incentivo extra que é a possibilidade de aproveitamento do curso como horas de Atividades Curriculares Complementares (ACC). Para os técnicos, além de capacitá-los para receber intercambistas e tornar a Universidade global, é importante também para as progressões funcionais. Para os docentes, a Universidade oferece disciplinas em línguas estrangeiras, onde eles podem ministrar seus conteúdos em aulas específicas em diferentes línguas. Isso abre novas oportunidades, e a língua é o primeiro passo para grandes possibilidades nos três segmentos", finaliza o professor.

 

*Jornalista do Núcleo de Produção de Conteúdo (NPC) - Unochapecó

COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Segunda lingua
Idioma
Aprendizagem
Altissia

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus