Webmail
Menu Busca

Semana Acadêmica de Jornalismo proporciona troca de conhecimentos

Educação

Texto Valeria Romanzini Cenci*

 

O conhecimento científico, aliado à prática, permite uma formação mais completa dos estudantes. Nesse sentido, a Semana Acadêmica do curso de Jornalismo da Unochapecó, a F5 (In)formação Atualizada, teve como objetivo ampliar conhecimentos e revelar as vivências de profissionais da área.

A programação contou com palestras da jornalista da revista Época, Juliana Dal Piva, e da jornalista Renata de Medeiros, da Rádio Gaúcha. Foram ministradas 11 oficinas que abordaram as temáticas: comunicação em eventos; produção audiovisual; jornalismo político; edição de fotografia; fotografia de retrato em estúdio; narração esportiva; comunicação empresarial; produção para mídias digitais; e criatividade.  

Para a coordenadora do curso, professora Angélica Lüersen, a atividade proporcionou reflexões sobre a profissão e contribuiu para a formação ampliada dos estudantes, ao trabalhar temas que perpassam a sala de aula. “Esse foi o momento em que paramos com a rotina do curso para discutirmos temas complementares, ampliando as discussões que muitas vezes começam em sala de aula”, afirma.

A estudante do 2º período, Emanuele Schardong, ficou impressionada com os relatos da jornalista Juliana Dal Piva. "Perceber que há um caminho profissional no jornalismo impresso e voltado para pautas mais humanitárias foi inspirador. Eu pouco conhecia o trabalho da jornalista e me tornei uma grande admiradora", comenta. Para Emanuele, as palestras oferecidas foram engrandecedoras, inspiradoras e certamente ampliaram o olhar sobre a profissão.

A Semana Acadêmica também recebeu egressos. A jornalista Marina Pessalli Favero destaca que voltar para os eventos do curso, além de ser uma oportunidade de rever amigos, é um momento produtivo para entender o que é discutido na academia e se atualizar sobre a profissão. “Nesta edição, especificamente, os temas abordados se relacionam muito com o que eu quero seguir na minha trajetória profissional e acadêmica. Então as discussões acrescentaram muito”, comenta. Marina também destaca a questão do machismo. "Ele está tão presente na sociedade, que nós tendemos a relativizar e tratar ele como algo natural. Por isso, as discussões são importantíssimas. É inaceitável uma mulher sofrer qualquer tipo de agressão, assédio ou abuso, em qualquer situação”, conclui.

 

*Estagiária da Acin Jornalismo, sob supervisão de Eliane Taffarel
COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Semana academica
Jornalismo
Educacao

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus