Minha Uno
Webmail
Menu Busca

Unochapecó recebe a 9ª edição do Encontro Brasileiro de Orquestras

Cultura

Para quem aprecia boa música, todos os caminhos levam ao Salão Nobre da Unochapecó nesta sexta-feira (18). O local será palco da 9ª edição do Encontro Brasileiro de Orquestras. O evento tem o objetivo de celebrar a música de concerto e instrumental, e leva ao público a experiência de assistir apresentações ao vivo dos instrumentos tradicionais que compõem uma orquestra. O evento terá início às 20h15.

A última edição do Encontro ocorreu em 2019, e sofreu hiato de dois anos devido à pandemia do coronavírus. Na ocasião, dez orquestras se apresentaram e o público lotou o Teatro do Centro de Eventos. Neste ano, a expectativa é de casa cheia para acompanhar as apresentações de cinco orquestras, incluindo a anfitriã do evento, a Orquestra de Câmara Unochapecó. As músicas apresentadas vão muito além do estilo clássico: cada uma delas escolheu seu próprio repertório, de vinte minutos de palco, com ritmos diversificados. 

Os ingressos, que são limitados pela lotação do Salão Nobre, não serão comercializados, mas sim trocados pela doação de um brinquedo novo. Essa ação ecoará num Natal mais feliz para as crianças em tratamento de saúde no Hospital Regional Oeste e no Hospital da Criança. A coleta das doações e retirada dos ingressos acontece na Diretoria de Educação Continuada e Extensão (DEEC), no terceiro andar do Bloco R3 da Unochapecó.

Prata da casa

A Unochapecó é referência cultural em Música, com dois projetos consolidados: Coro Universitário, com 24 anos de atividade, e a Orquestra de Câmara, com 14 anos de atividade. A Orquestra, que irá se apresentar como anfitriã do 9º Encontro Brasileiro, conta atualmente com 17 instrumentistas, entre acadêmicos, egressos e comunidade.

De acordo com o regente da Orquestra e coordenador do curso de Música, professor Gustavo Pereira Malfatti, a escolha do repertório para a apresentação é sempre um momento de diversão para o conjunto. Os instrumentistas propõem canções que representam algo para eles e escolhe entre si, para então estudar as composições e ensaiar. Trata-se de um momento de integração entre os músicos, de compartilhamento de experiências pessoais e de colaboração, que se transforma em arte.

“Quando pensamos nas principais universidades do país, e quem sabe do mundo, vemos que as principais têm, dentre seus projetos de extensão, grupos culturais que difundem e promovem as áreas artísticas. Os grupos participam de eventos institucionais, representam a instituição dentro e fora do município e promovem eventos consagrados da agenda cultural do município, como o Encontro Brasileiro de Coro Universitários e o Encontro Brasileiro de Orquestras”, explica Malfatti.

COMPARTILHE
TAGS
Orquestra de câmara da unochapecó
MÚsica
MÚsica
MÚsica
MÚsica
MÚsica
MÚsica
MÚsica
MÚsica
MÚsica
MÚsica
MÚsica
MÚsica
MÚsica
Música
Encontro brasileiro de orquestras

LEIA TAMBÉM