Webmail
Menu Busca

Unochapecó recebe intercambistas da Itália e Colômbia

Cultura

Texto Gabriel Kreutz*

 

As bandeiras de outros países hasteadas no Jardim das Artes já anunciam: tem visitantes estrangeiros na Unochapecó. Na última segunda-feira (18/02), junto com o início das aulas, cinco estudantes da Colômbia e da Itália começaram suas experiências de vida no Brasil. Eles ficarão no país até o mês de julho e vão vivenciar nossa cultura, além de cursar disciplinas nos cursos de Administração, Letras e Agronomia. Eles vieram por meio do Programa de Estágio Internacional da Unochapecó, organizado pela Assessoria de Relações Nacionais e Internacionais (Arni) da Universidade.

Por se natural do norte da Itália, é difícil acreditar que a estudante Miriam Sculco fale tão bem a língua portuguesa. Acadêmica de Tradução e Interpretação na Universidade de Trieste, ela estuda o português há algum tempo, o que está auxiliando a se comunicar. "Eu amo o Brasil há bastante tempo e como eu tenho alguns amigos neste país, o amor só aumentou. Eu estou gostando muito, pois é bem diferente da Itália. A Unochapecó é muito grande, minha Universidade não é assim. Eu gosto muito da natureza, por isso também estou adorando o país. A comida também é muito boa", conta.

Com tantas diferenças entre Brasil e Itália, em menos de um mês, Miriam já destaca que se impressionou com as relações afetuosas que encontrou na Universidade. "Aqui, os professores são muito próximos dos estudantes, quase como uma relação entre mãe e filho. Lá não é assim, o professor chega na aula, ministra matéria e quando acaba, vai embora. É um tratamento mais frio, sem muito contato com as pessoas. Se você for na minha Universidade fazer um intercâmbio, você não vai ter o mesmo tratamento carinhoso que eu estou recebendo", complementa.

Apesar de conseguir entender e falar o português, a maior intenção dela com a realização do intercâmbio é aprimorar o idioma, ou seja, praticar muito. A estudante, que já é fluente em francês e inglês, explica que a escolha pelo Brasil, além do amor e das amizades, foi com o propósito de falar o português perfeito. Na Uno, Miriam vai estudar no curso de Letras e fazer estágio no Laboratório de Línguas (Lablin). Os outros intercambistas também irão realizar estágios no Laboratório de Solos, Viveiro Florestal, Incubadora Tecnológica (Inctech) e departamento de marketing da Chapecoense.

 

*Jornalista do Núcleo de Produção de Conteúdo (NPC) - Unochapecó
COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Intercambistas
Intercambio
Arni

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus