Webmail
Menu Busca

Revistas científicas da Unochapecó são indexadas em bases internacionais

Educação

Texto Gabriel Kreutz*

 

Muito conhecimento é gerado na Unochapecó. Sempre, a cada aula, a cada pesquisa, a cada conversa. Mas mesmo produzindo tanto, a Universidade também tem um espaço para divulgar pesquisas de todo o país, por meio das Revistas Científicas da Unochapecó. Nos últimos meses, elas passaram por uma atualização, e algumas delas começaram a ser indexadas em bases de dados nacionais e internacionais. Isso significa que os periódicos da Universidade passam a estar disponíveis em outras plataformas, aumentando o alcance das publicações.

No total, são oito revistas, ligadas a cursos de graduação e pós-graduação stricto sensu da Unochapecó. O primeiro periódico a surgir foi a revista Cadernos do Ceom, em 1986. A publicação, que é semestral, é ligada ao Centro de Memória do Oeste de Santa Catarina (Ceom/Unochapecó), em parceria com os Programas de Pós-Graduação em Ciências Ambientais e em Educação da Universidade.

Última edição da Revista Grifos

A revista Grifos é vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais e à Área de Ciências Humanas e Jurídicas da Unochapecó. A partir de 2020 sua periodização passou a ser quadrimestral. Ligado ao curso de Ciências Econômicas, a revista Cadernos de Economia possui publicação no sistema de fluxo contínuo. Já a revista FisiSenectus, do curso de Fisioterapia da Unochapecó, possui publicação semestral.

Ainda, a revista Pedagógica, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unochapecó, tem publicação de fluxo contínuo. Pertencente ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais, a revista Acta Ambiental Catarinense é publicada por demanda contínua. Também com publicação semestral, a Universidade possui a RDUno: Revista do Programa de Pós-Graduação em Direito da Unochapecó.

Por fim, a Revista Gestão Organizacional (RGO), com publicação quadrimestral, é ligada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis e Administração da Unochapecó, e editada em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc/Esag).

 

Processo de indexação

Somente em 2020, o conjunto de revistas científicas da Unochapecó alcançaram 28 novas indexações em bases nacionais e internacionais. Assim, elas passam a estar disponíveis não só na plataforma da Universidade, ampliando o número de pessoas que podem acessar o conteúdo.

“A indexação ocorre por meio de protocolo de adesão, no qual cada indexador estabelece seus critérios de exigência de entrada. O grande destaque até aqui é a indexação da Revista Gestão Organizacional e da Revista Grifos na Rede Iberoamericana de Inovação e Conhecimento Científico (REDIB), com sede na Espanha”, explica o coordenador das Revistas Científicas da Unochapecó, Juliano Fossá.

Outros protocolos de adesão estão em processo de avaliação nos indexadores DOAJ, Dialnet, Redalyc e outros. “As revistas científicas da Unochapecó cumprem um papel importante ao publicar artigos de autores nacionais e internacionais. A publicação de um artigo científico é a formalização do produto final de uma pesquisa acadêmica, e a divulgação de tais materiais possibilita que a comunidade interna e externa tenha acesso a artigos da fronteira do conhecimento, sob autoria de renomados pesquisadores brasileiros e estrangeiros. Estas revistas científicas se inserem tanto na missão como na visão da Universidade, especialmente quanto ao compromisso com a formação acadêmica de qualidade, a interdisciplinaridade e o desenvolvimento regional”, completa.

 

Mais melhorias

Neste ano, todas as revistas científicas também passaram por uma atualização, e várias melhorias foram implementadas. Houve a  adequação das políticas quanto às Boas Práticas Editoriais em protocolos internacionais, a articulação e envolvimento das bibliotecárias no processo editorial e a reestruturação do corpo editorial da Revista Grifos. Também, foi disponibilizado um curso de capacitação de 90 horas para todos os editores, bibliotecárias e coordenação das revistas em plataforma da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS).

Por meio de uma parceria com o Centro de Residência em Software (CRS) da Unochapecó, o site das revistas, que é ambientado no sistema Open Journal Systems (OJS), migrará para versão mais atual deste sistema. Ainda, foi realizada a construção, em conjunto com a RGO, da política de Conduta Ética e Boas Práticas Editoriais conforme organizações internacionais. Também foi oferecido suporte, em todas as etapas, aos editores das revistas, bem como as equipes.

De acordo com a diretora de Pesquisa e Pós-Graduação stricto sensu da Unochapecó, professora Vanessa Corralo, foi elaborado um plano estratégico de acompanhamento das revistas científicas da Unochapecó, com vistas a sua qualificação.

“Essas melhorias possibilitarão o acesso a estratos superiores no Qualis Capes e a indexação em bases nacionais e internacionais, o que agregará maior credibilidade e visibilidade dessas revistas no meio científico”, ressalta.

Para quem deseja submeter propostas de publicação nas revistas científicas da Universidade, basta acessar o Portal de Periódicos da Unochapecó. Os conteúdos encaminhados devem estar de acordo com a temática de cada edição.

 

Jornalista - Assessoria de Imprensa Unochapecó

COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Revistas cientificas
Odsunochapeco
Ods
Credibilidade
conhecimento

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus
Pós-Graduação UNOCHAPECÓ
Chame no Whatsapp