Webmail
Menu Busca

CPA apresenta resultados da Pesquisa de Clima Organizacional

Profissão

Por meio da Pesquisa de Clima Organizacional é possível analisar o cenário e definir ações para trabalhar em busca de um processo de melhoria contínua, reconhecendo nela fragilidades e forças. A Unochapecó aplicou a pesquisa entre os dias 04 e 24 de abril, e no dia 25 de novembro foram discutidos os resultados. Participaram da reunião, representantes da Comissão Própria de Avaliação (CPA), Reitoria e Diretoria de Desenvolvimento Humano. Entre os indicadores apontados na pesquisa, dois tiveram maior destaque: ações voltadas à saúde mental e feedback.

A saúde mental é uma questão que depende da combinação de fatores, e que está diretamente relacionada à forma como cada um de nós reage às exigências da vida, sejam elas de caráter pessoal ou profissional, e ao modo como harmonizamos nossas expectativas, capacidades e emoções. Mas, mesmo assim, cabe à Instituição fortalecer e manter iniciativas no campo das práticas de prevenção, promoção e recuperação da saúde. 

Ações neste sentido já são realizadas, como o Grupo de Desenvolvimento Humano (GDH), que atua há dois anos com psicoterapia semanal em grupo, a partir do ingresso anual mediante contato com a DDH. O grupo permite uma troca de experiências e transformações subjetivas que não seria alcançável em um atendimento individualizado. Isto se deve à pluralidade de seus integrantes, à diversidade de trocas de conhecimentos e à possibilidade de compartilharem em grupo seus sentimentos, problemas e conflitos. 

Rodas de conversa com temáticas voltadas a questões emocionais também fazem parte de campanhas internas, que buscam a conscientização coletiva a respeito da saúde mental e da importância da adoção de práticas que auxiliem nesse processo. Outro trabalho consolidado e também disponível é o atendimento realizado por uma equipe multiprofissional da DDH, que atua no acolhimento e acompanhamento de demandas psicossociais relativas ao contexto pessoal, profissional e familiar do funcionário.

Outro aspecto percebido na pesquisa diz respeito à importância do feedback nas relações de trabalho. Diariamente, em diversas ocasiões, essa prática é realizada. É um processo que busca reforçar os pontos positivos, melhorar o autoconhecimento, orientar, reorientar e reformular nossas atitudes e percepções sobre aspectos que precisamos desenvolver. Uma prática importante tanto para quem dá como para quem recebe, pois permite compreender as expectativas entre as partes e construir uma relação profissional madura e saudável. 

Alinhado a isso, a Diretoria de Desenvolvimento Humano está em fase final de elaboração do Regulamento de Avaliação de Desempenho dos técnicos administrativos, um instrumento que permitirá o acompanhamento contínuo, sistemático e anual das atividades desenvolvidas pelos funcionários no exercício do seu cargo. Da mesma forma, em relação aos professores, está na fase inicial a proposta de construção de um Regulamento de Avaliação de Desempenho, que permitirá, também, avaliá-los a partir do seu contexto de atividades. Consolidar uma cultura de feedback é fundamental para o alinhamento de estratégias e o fortalecimento do sentimento de pertencimento, trazendo resultados positivos e importantes para a Instituição e seus funcionários.

 

Comissão Própria de Avaliação

A CPA trabalha constantemente no planejamento de suas ações. A autoavaliação institucional é um processo desenvolvido pela comunidade acadêmica, com a finalidade de identificar o andamento e a qualidade de ensino, pesquisa, extensão e atividades de gestão acadêmica e administrativa, assegurando a integração de dimensões externas e internas. Tal processo é construído e assumido pela comunidade interna e garante a possibilidade de gerar informações para tomada de decisões político-pedagógicas e administrativas.

Ao longo do processo, ocorre a sensibilização dos funcionários no sentido de compreenderem que a avaliação serve para nortear os gestores na adoção de estratégias para melhora do clima organizacional e gestão de pessoas. É um instrumento utilizado para fornecer subsídios à instituição, num processo de retroalimentação. Para isto, é solicitado um plano de ação de melhorias, elaborado pela DDH, sobre os dados apresentados. Isso fortalece uma atuação prática e efetiva da avaliação dos dados recebidos (dados quantitativos) e analisados, para propor melhorias em dados que sejam fragilidades. Ao fim, a intenção deste plano é justamente ser apresentado aos órgãos superiores competentes.

 

*Com informações da CPA

COMPARTILHE
TAGS
Unochapeco
Resultados
Cpa
Apresentacao

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus