Minha Uno
Webmail
Menu Busca

Pacientes da Clínica de Fisioterapia têm dia especial no Corpo de Bombeiros

Comunidade

Texto Ionara Virmes*

 

As tias de Pedro o acompanham em todos os eventos

Ao ser chamado de 'Gaúcho' pelo Papai Noel, Pedro Prado já se identificou na platéia e, junto a suas tias, foi ao encontro do bom velhinho. "Eu sou gaúcho! De bota e de bombacha!", cantava os versos de 'Filho do Rio Grande' para todos aqueles que elogiavam seu chapéu há pouco desembrulhado. 

Amante da cultura gaúcha, o menino de nove anos é paciente da Clínica Escola de Fisioterapia da Unochapecó há três anos. Na Festa de Natal promovida pelo espaço na última quinta-feira (09/12), Pedro participou acompanhado de suas tias Catarina e Ivanir, já que seu primeiro presente deste natal havia chegado mais cedo. Sua irmãzinha nasceu no mesmo dia em que ocorreu a recepção do Papai Noel da Clínica. E junto com o chapéu recebido, o dia foi motivo de mais festa.

"A tradição gaúcha para ele é tudo! Desde que era menor ele ama ouvir e cantar a música gaúcha, adora andar a cavalo, ama usar bombacha e chapéu. Ele também tem uma gaita e um violão que toca todos os dias", conta Ivanir.

Pedro recebeu o tão esperado presente durante uma celebração, que é tradicional da Clínica Escola, e ocorreu em parceria com o 6º Batalhão de Bombeiros Militar de Chapecó. Com o objetivo de levar a magia do natal para as crianças atendidas, os envolvidos organizaram uma manhã de interação, troca de presentes e muita alegria.

Os apoiadores do projeto foram homenageados pela Clínica

A manhã começou com uma recreação coordenada pela professora de Fisioterapia, Michele Minozzo dos Anjos, homenagens para os bombeiros e apoiadores do projeto e recepção dos convidados mais esperados: o Papai e a Mamãe Noel. Eles chegaram em meio a muitos abraços, distribuindo doces e conversando com todas as crianças. Em seguida, começaram a distribuição de presentes. Pedro não foi o único a receber o que havia pedido em sua cartinha, seus colegas também ganharam bolas, bonecas, jogos, roupas, entre outros. 

"Foi uma emoção muito grande participar da Festa de Natal, este ano realizada no Corpo de Bombeiros de Chapecó. Ver a alegria nos olhos das crianças na chegada do Papai Noel, no caminhão de bombeiros e, ao final, o banho de mangueira, deixou essa festa mágica, demonstrando o verdadeiro espírito natalino. O sentimento que fica é de muita gratidão pela realização de uma festa tão linda, com o envolvimento de tantas pessoas", relata a professora.

 

Cinoterapia

Os cães do Corpo de Bombeiros também participaram da festa

No momento delicado da pandemia, foram necessários novos meios de manter e progredir as crianças em seus tratamentos. Em parceria com o Corpo de Bombeiros, foi implantada na Clínica, a cinoterapia, atividade  que conta com o auxílio dos cães treinados pelo  Batalhão, para auxiliar no desenvolvimento dos pacientes. Segundo o Tenente Domingos, essa ação influencia positivamente não só as crianças, mas também os cachorros.

"A parceria com a Clínica permite que a gente coloque os nossos cães em contato com diferentes adultos e crianças. Um cão sociável trabalha melhor em operações de buscas, procurando mais pelas pessoas, justamente por que tem essa forte noção de que o ser humano é algo positivo. Então o bombeiro ganha um momento para treinar o cão, e as crianças ganham muita felicidade. Quando conseguimos integrar um exercício fisioterapêutico com a aproximação dos cães fica uma situação muito legal. Essa terapia nos motiva a treinar e a gente também ganha, podendo proporcionar esse momento de socialização", ressalta.

 

A Clínica como vetor para a socialização

Desde agosto de 2007, a Clínica Escola atua como um espaço de profissionalização para os estudantes do curso de Fisioterapia da Unochapecó, com estágios, pesquisas e projetos de extensão. Estes, supervisionados por professores e fisioterapeutas qualificados. O local é aberto para toda a comunidade e atualmente atende 28 crianças e 42 adultos.

João Vitor frequenta a Clínica há dois anos

João Vitor começou a frequentar a Clínica com dois anos. Hoje com quatro, expressa todo seu amor pelos cães que participam do seu dia-a-dia. Sua mãe, Vanessa, fica emocionada ao contar sobre a  experiência com os profissionais que cuidam de João. Para ela, participar do evento é um meio de agradecer por todo o apoio da equipe de fisioterapeutas e estagiários da Unochapecó.

"A Clínica Escola é muito importante para nós. O tratamento que recebemos não tem explicação, desde a parte clínica, até o lado humano! É muito bom estar lá, acompanhar, e saber que sua família será respeitada e seu filho bem cuidado. É maravilhoso!".

Estudante do sexto período de Fisioterapia e estagiária da Clínica, Amanda Dallagnol, diz que os estágios realizados durante o curso geram muitos benefícios para o acadêmico. Ela também reflete sobre o bem-estar dos pacientes atendidos e os retornos positivos.

"Eu acho isso muito especial, nada supera a oportunidade de poder presenciar a felicidade das crianças quando elas atingem seu objetivo, como realizar algum movimento novo. Você consegue ver a mudança repentina no humor delas, é muito gratificante. E trabalhar com pacientes como eles acaba trazendo uma visão diferente para nós, estudantes. Fazer eles felizes e ficarem melhores nos torna melhores também", sublinha.

 

*Estagiária sob supervisão de Gabriel Kreutz

COMPARTILHE
TAGS
Natal
Fisioterapia
Comunidade
Cães

LEIA TAMBÉM

comments powered by Disqus