Minha Uno
Webmail
Menu Busca

Anderson Luchese recebe prêmio de Melhor Professor de Libras de Chapecó

Histórias

texto: Isadora Figueiró Zanluchi

O professor de Letras Libras, Anderson Luchese, ganhou o prêmio de Melhor Professor de Libras de Chapecó. A escolha do profissional ocorreu através de votos no Instagram, organizada pelo grupo Aliança Publicidade. Com o objetivo de pesquisar os melhores profissionais em cada cidade que é organizada, a agência realiza a votação. 

Anderson destaca o esforço do público em compartilhar a pesquisa com os amigos e os votos recebidos, sendo 322 no final. Para o professor, o prêmio significa muito. "Eu fico emocionado e orgulhoso. Sou professor de Libras, estudo, me esforço, sou um profissional surdo. Fico orgulhoso porque eu amo ensinar as crianças pequenas, os surdos, ouvintes ou não", comenta Anderson. 

De acordo com o professor, o prêmio também significa muito para a comunidade surda, mostra que o profissional surdo tem um significado também de conquista e de vitória dentro da comunidade surda, a  família percebe que tem um filho surdo. "Não sou só eu que sou importante. É importante pra mim, claro, mas eu sou modelo para outros também. Mostra que somos capazes, que um surdo é capaz de trabalhar em qualquer lugar", ressalta. 

Professor de Libras desde 2005, Anderson conta que no começo foi difícil não saber que era uma pessoa surda, o diagnóstico veio só aos 18 anos de idade. Antes disso, dependia muito da família e dos amigos, até que começou a estudar em uma escola inclusiva de Xaxim e descobriu seu amor pela pedagogia. Desde então, percebe algumas mudanças na sociedade para incluir pessoas surdas, como a quantidade de pessoas não-surdas que se interessam por aprender Libras. "O meu curso começa com 40 e termina com 40, às vezes um ou dois desistem, mas todo o grupo continua. Algumas vezes com mais dificuldade, outras mais facilidade, mas a gente vai contornando isso, tendo contato, informando, contribuindo. Me sinto bem por ter escolhido essa profissão, fico muito contente porque sou um profissional de Libras", salienta. 

Apesar do processo de inclusão já ter melhorado significativamente nos últimos anos, ainda existem muitas coisas a serem mudadas. Segundo Anderson, a primeira etapa deve ser em casa, incluir as crianças surdas na comunicação e no cotidiano da família e só então na escola e na coletividade. "Precisa ter o primeiro movimento em casa e depois na sociedade", conclui. 

Unochapecó

Além de ser reconhecido como o Melhor professor de Libras de Chapecó, Anderson Luchese foi homenageado pela Unochapecó pelos 10 anos de atuação na instituição. A homenagem foi realizada no último dia 27, ocasião em que a Fundeste/Unochapecó celebrou o Dia do Técnico e Professor.

 

 

 

* ACIN Jornalismo.

COMPARTILHE
TAGS
Letras libras
Homenagem

LEIA TAMBÉM